O escritor Euclides Penedo Borges se aprofunda em sua faceta pesquisadora e lança o seu oitavo livro. Tendo como ponto de partida a Revolução Russa, “A Foice, o Martelo e os Fuzis” discorre sobre as principais tentativas de tomada do poder através de movimentos comunistas da América Latina. Ao longo de 250 páginas o autor narra episódios como os que marcaram países como Argentina, Chile, Uruguai, Cuba, Colômbia, Panamá, Nicarágua, México, Guatemala, Honduras e El Salvador, sem deixar de lado os tantos e tão relevantes movimentos brasileiros.

Em defesa de um caminho democrático que levaria ao ideal de uma América Latina rica, justa e influente, o autor traça paralelos entre tentativas populares de luta das classes operárias, com o objetivo de compreender a falta de êxito dos mesmos. No decorrer do livro recorda movimentos, embates e desastres como os da Semana Trágica de 1919 (La semana de Enero) na Argentina; a Matança de Santa Maria, que assassinou 2 mil civis na Plaza Montt, no Chile; a criação do Partido Socialista do Uruguai, por Emilio Frugoni, em 1912; o sequestro da colombiana Ingrid Betancourt pelas FARC; a dissolução do Senado e da Câmara uruguaios em 1975; e o enfrentamento dos Montoneros argentinos na década de 1970. O autor dá especial importância aos acontecimentos passados no Brasil, como o Movimento Grevista de 1917, o Tenentismo, a Intentona, a Guerrilha do Araguaia e movimentos feministas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here