Apadrinhada pelos pais de Cazuza, Lucinha e João Araújo, “Cazas de Cazuza” foi a primeira grande homenagem feita ao poeta no ano 2000, e foi também a montagem que deflagrou a febre dos musicais brasileiros no inicio da década passada.

Escrita e dirigida por Rodrigo Pitta, um jovem autor e diretor negro na época , o espetáculo iniciou uma efêmera temporada, que conquistou mais de 500 mil pessoas no Brasil , em apresentações históricas no Tom Brasil e no extinto Canecão, transformando-se em um dos musicais originais mais cultuados da história do teatro musical brasileiro.

O espetáculo chamou a atenção por não ser uma biografia e sim uma ópera rock que utilizava a obra, o universo e os temas da atmosfera do poeta, para contar a história de sete personagens carismáticos, que moravam em um prédio no Baixo Leblon. O musical revelou para os palcos e televisão, talentos como Vanessa Gerbelli, Bukassa Kabenguele, Jay Vaquer, Débora Reis, entre outros.

A Vivo Rio Academy e a TEAM O! produtores do espetáculo vão abrir testes para o workshop liderado pelo diretor Rodrigo Pitta e pelo diretor musical Jay Vaquer, (que foi o protagonista da primeira edição), para escolher o novo elenco.

Serão selecionados 18 atores cantores, mas diferentes de outras produções de teatro musical, os produtores do espetáculo darão prioridades a novos talentos vindos de outras áreas, como cantores da noite, cantores de igreja gospel, artistas que se apresentem no metro, artistas trans e até mesmo vagas para talentos que venham do funk, pois peça se passa na década onde começou a surgir o movimento musical que hoje domina o Brasil.

Os candidatos, atores e atrizes de 22 a 45 anos, devem enviar para o e-mail CAZASDECAZUZA@GMAIL.COM currículo atualizado + 2 fotos recentes ( corpo e rosto) + link de vídeo Cantando. As inscrições vão o dia 02 de fevereiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here