Ao longo de 2020, o Museu do Ipiranga ampliará sua atuação digital na enciclopédia eletrônica Wikipédia e outras plataformas colaborativas na internet, pertencentes ao grupo Wikimedia. A expectativa é que dezenas de milhões de pessoas tenham acesso a imagens e textos relacionados ao acervo do Museu durante todo o ano por meio da parceria realizada com o Wiki Movimento Brasil, a partir de práticas de difusão digital colaborativas.

As atividades fazem parte de um plano mais amplo do Museu do Ipiranga de aumentar sua presença no meio digital, em que a Wikipédia é tida como um espaço fundamental. Nesse contexto, a instituição está não só aderindo a práticas de disponibilização de conteúdo, mas também de conhecimento aberto e licenças livres.

Solange Ferraz de Lima, diretora do museu conta que: “O compromisso com a pesquisa e o ensino é a base para difundir amplamente o conhecimento gerado a partir dos acervos. Se as exposições permitirão o contato presencial e sensorial com o magnífico espaço do Museu e suas coleções, a atuação digital desempenhará outra função – prolongar e aprofundar a relação do público com os conteúdos.”

Diversas instituições culturais ao redor do globo realizaram projetos similares em parceria com a Wikimedia, em iniciativas conhecidas como GLAM-Wiki — sigla para Galleries Libraries, Archives, and Museums (galerias, bibliotecas, arquivos e museus), acompanhada do sufixo wiki, que identifica o conjunto de projetos digitais colaborativos e livres sob a guarda da Fundação Wikimedia. Junto ao Museu do Ipiranga, a atuação Wiki virou um caso de sucesso global, tanto em relação aos produtos a serem desenvolvidos quanto às tecnologias implementadas no processo. Com isso, a instituição brasileira é líder num movimento internacional ao qual se unem museus, bibliotecas e arquivos de vários países, especialmente na Europa e na América do Norte. Conheça o GLAM do Museu do Ipiranga na Wikipédia aqui.

O Wikiconcurso Novo Museu do Ipiranga, que ocorre de 15 de março a 15 de junho, marca o lançamento da iniciativa. Participantes concorrem a prêmios ao colaborar com conteúdos relacionados ao Museu e seu acervo na Wikipédia. Em 2019, imagens de obras no acervo da instituição foram vistas 32,2 milhões de vezes nos projetos Wikimedia, especialmente a Wikipédia. Artigos na enciclopédia eletrônica em português sobre temas relacionados ao Museu foram vistos, no mesmo período, 14 milhões de vezes. A expectativa é que as melhorias realizadas nos conteúdos em questão atinjam dezenas de milhões de leitores.

Também faz parte da parceria a realização de quatro maratonas de edição na Wikipédia — conhecidas como “editatonas” — eventos abertos em que interessados aprendem como editar na enciclopédia eletrônica e fazem suas primeiras contribuições acompanhados por editores experientes. O primeiro deles, a ser realizado de forma online no dia 27 de março, tem como tema “Mulher, Arte e História”, e propõe melhorar o conteúdo sobre mulheres no acervo do Museu do Ipiranga no contexto do Mês da Mulher. As demais editatonas se dedicarão à “São Paulo fotográfica”, “Os indígenas no Museu” e “As independências do Brasil”, com data ainda a ser definida.

Haverá, ainda, quatro seminários técnicos voltados a desenvolver colaborativamente a infraestrutura necessária para a difusão digital livre do museu, em especial de seu acervo. Inovações esperadas incluem jogos para completar informações sobre obras no museu e aplicativos para construir livros automáticos a partir do acervo.

“A Wikipédia é um meio digital de impacto global e a participação sistemática do Museu do Ipiranga garante a melhoria real da cultura histórica e científica no Brasil e sobre o Brasil”, comenta João Alexandre Peschanski, presidente do Wiki Movimento Brasil. “As contribuições do Museu do Ipiranga não são apenas transferência de imagens e mídias de objetos de seu acervo; o Museu do Ipiranga atua como um curador digital nessa rede de conhecimentos”, conclui.

 A Iniciativa Wikipédia do Novo Museu do Ipiranga integra o conjunto de programas e atividades em vista à reabertura do edifício-monumento do Museu, em 2022.

Foto: Helio Nobre

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here