A partir de 14 de abril, sempre às terças-feiras, às 18h, o MAM São Paulo promove lives em libras no Instagram sobre mediação cultural, educação, culturas e artes surdas na instituição. As conversas serão comandadas por Leonardo Castilho, educador surdo do MAM, e serão apresentadas simultaneamente em seu perfil do Instagram  e na rede social do Museu. A live acontece em Libras, acompanhada pela voz de uma tradutora intérprete de Língua Brasileira de Sinais.

Para marcar a estreia no dia 14, Castilho vai compartilhar com o público algumas de suas vivências no Museu de Arte Moderna de São Paulo, sobre o texto Mediar uma imagem criando imagens: a mediação na língua de sinais, publicado no livro educativo Obras mediadas. A publicação foi divulgada na seção #DicaDeLeitura, do #MAMonline, e está disponível no site da instituição.

A programação diária é destinada ao público de todas as idades e traz propostas diversas. No site do Museu, é possível visitar mais de dez mostras emblemáticas exibidas nos últimos anos na instituição por meio de tour virtual , produzido pela 3D Explora, como também acessar as narrativas do Google Arts&Culture. Entre as exposições, estão Sinais/Signals, com monotipias e objetos gráficos de Mira Schendel; Ismael Nery: feminino e masculino, que apresenta nus, retratos, autorretratos e obras surrealistas criadas por Nery; e MAM 70: MAM e MAC USP, coletiva que reúne obras do período inicial do Museu, entre 1949 e 1963, até trabalhos que entraram para o acervo após essa data e integram coleções do MAM e do MAC USP.

Nas redes sociais, o Museu compartilha sua trajetória por meio das hashtags #HistóriasdoAcervo, diariamente, e #tbt (do inglês “throw back Thursday”), às quintas-feiras – nesta última, a estreia foi uma miniaula do curador Felipe Chaimovich sobre o impressionismo e o Brasil, parte da exposição homônima que ocorreu em 2017. Uma proposta semelhante, mas com foco em criadores, é feita por meio de #ArtistaDaSemana. Toda quarta-feira é publicado conteúdo sobre artistas cuja trajetória tenha se entrelaçado à do MAM. A interação entre o público e o Museu também acontece por meio do #MAMquiz, que traz temas e perguntas diversas sobre a instituição e sua programação no Instagram Stories.

Foto destaque: Karina Bacci

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here