A nova série da HBO, “Run” , protagonizada por Merritt Wever e Domhnall Gleeson, é escrita e produzida Vicky Jones, que também escreveu episódios de “Killing Eve” e “Fleabag” , produzida e protagonizada pela própria Phoebe Waller-Bridge.

“Run” chegou como mais uma aposta da HBO, que mostra mais uma vez que sabe fazer uma boa série. As atuações são sensacionais e o casal principal mostra sua química em cena já nos primeiros minutos. A primeira temporada conta com oito episódios que saem todo domingo à meia noite.  Com poucos episódios já divulgados dos sete da primeira temporada, “Run” já possui 83% de aprovação no Rotten Tomatoes pela crítica especializada, e 71% de aprovação da audiência.

A série já está dando o que falar pela sua história envolvente: um jovem casal na faculdade faz uma promessa que consiste em: se algum dos dois mandar a palavra “run” para o outro, e o outro responder a mesma coisa, os dois vão largar qualquer coisa que estiverem fazendo e fugir para se encontrar. A série começa 15 anos depois, com cada um já tendo construído uma vida, em que a personagem de Merritt recebe a mensagem.

A série foi trabalhada para ser uma comédia pode tirar algumas lágrimas e fazer o telespectador sofrer em casa. Seu humor é afiado e pega no calo em algumas questões inatas ao ser humano: amor, paixão, rotina, impulsos. Apesar dos poucos minutos e seus poucos episódios liberados até então, a série sabe causar e apontar pontos importantes. Uma direção sucinta, que mostra apenas o necessário e consegue mostrar exatamente o que o público precisa saber.

A velocidade dos episódios é outro ponto de destaque, com uma média de 20 minutos, o que faz com que o espectador nem perceba que o tempo já passou. Também vale destacar a escolha de encerrar cada episódio com um bom gancho para o próximo. O mais curioso é pensar que a trama pode ir para qualquer lugar depois disso.

Foto: divulgação HBO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here