Enquanto a pandemia não termina, o teatro continua se reinventando e descobrindo novas formas de expressão e de produção não presenciais. Quem ganha com isso é o público que terá a oportunidade de divertir-se gratuitamente com o movimento artístico Teatro do Absurdo.

No domingo, 21 de junho, às 17h, a Cia de Teatro Contemporâneo abre as cortinas de sua página do Facebook para levar ao público a leitura dramatizada on-line do texto “A Cantora Careca”, de autoria do dramaturgo francês Eugène Ionesco (1909-1994).

O espetáculo é considerado o primeiro do Teatro do Absurdo e apresenta um texto irônico, com diálogos aparentemente incoerentes, absurdos, utilizando uma linguagem com desencontro de informações e emoções, criando mentiras, ilusões e impossibilitando a comunicação entre os seis personagens.

O enredo traz, à primeira vista, a história simples de dois casais, uma empregada e um bombeiro. “Mas o texto vai muito além disso, ele toca em tantos pontos e tem coisas que fazem uma reflexão da alma humana”, afirma.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here