Uma boa história mística com um toque de romance jovial, nunca é demais! Em “A Ordem”, conhecemos Jack Morton (Jake Manley), um estudante da universidade de Belgrave que perdeu sua mãe ainda quando criança. Seu avô Pete Morton (Matt Frewer) com quem ele vive, conta que os assassinos responsáveis são os membros de uma seita, e partir daí, colocam um plano de vingança em ação.

A serie traz um casting não conhecido do publico, no entanto é extremamente cativante e a conexão entre os atores torna cada episodio confortável.

Nas primeiras cenas, Jack tem o foco de entrar para seita chamada de ‘A ordem hermética da rosa azul’, porém é sabotado em um dos testes iniciais em virtude de que, os veteranos não simpatizam com ele por algum motivo desconhecido. Após um incidente e a beira de sua morte ele consegue uma reviravolta que o faz ser convidado a participar da tal seita.
Coincidentemente instruída para ser sua tutora, a jovem Alyssa Drake (Sarah Grey) é uma das mais importantes integrantes da ordem e possui um futuro promissor, em suma de que é super inteligente e ágil. Jack se apaixona por ela gerando o toque de romance necessário a trama.

Os episódios são bem conectados e a cada momento surge uma nova problemática, o que nos faz querer continuar a ver saga sem parar. A serie tem um fundo base que nos remete “Teen Wolf”, “Sabrina” e “The Originals”, em contrapartida, as falas de humor e a morte inesperada de alguns personagens faz com que queiramos mais e mais episódios. Inclusive, a terceira temporada possui grandes chances de ser confirmada, visto o sucesso atual da série.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here