Marco dos anos 90, Proposta Indecente, protagonizado por Demi Moore e Woody Harrelson, questiona se por dinheiro vale tudo. Até que ponto, em circunstancias desfavoráveis em nível material e patrimonial, o dinheiro pode ser o fator de uma mudança real que considere a compra/venda de princípios considerados sóbrios e prestigiados?

Sexo, dinheiro, poder e ciúmes: uma combinação explosiva para qualquer pessoa. Vinte sete anos depois, os temas abordados em Proposta indecente continuam tão atuais quanto nos anos 90.

Enfrentando dificuldades financeiras, um casal resolve tentar a sorte em Las Vegas, mas nada consegue. No entanto, David e Diana conhecem um milionário (Robert Redford) que oferece um milhão de dólares ao marido (Woody Harrelson) para que sua mulher (Demi Moore) vá para cama com ele por apenas uma noite. A proposta significa o fim dos seus problemas, porém ela trará consequências desastrosas.

O filme de 1993, dirigido por Adrian Lyne, baseado no livro homônimo, escrito por Jack Engelhard, questiona o dinheiro, sua necessidade e aceitação. Enquanto a adaptação fala sobre a religião e a espiritualidade, o filme traz outros fatores, como o dinheiro e a moral.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here