Instituto Pereira Passos lançará versão digital da Livraria do IPP.

A Prefeitura do Rio, por meio do Instituto Pereira Passos, lançará na próxima sexta-feira (14/08) a versão digital da Livraria do IPP. Referência em publicações sobre a cidade do Rio de Janeiro, a livraria possui um acervo especial sobre planejamento urbano, cartografia, estatística, meio ambiente e história. São mais de 450 títulos, entre mapas, documentos e livros sobre o Rio, incluindo publicações do próprio IPP e de outras editoras. Agora, todo esse conteúdo estará disponível para venda no site.

Entre os destaques, está um dos campeões de venda “A grande reforma urbana do Rio de Janeiro”, de André Nunes de Azevedo. O livro revisita o tema para além das leituras da historiografia clássica e mostra como a trajetória histórica da cidade dialoga com a própria história do país. Outra obra de sucesso que estará disponível no site da livraria são as ilustrações do artista gráfico Guta sobre o Porto do Rio e Copacabana, que mostram a evolução urbana desses dois pontos da cidade. Para comemorar o lançamento da livraria virtual, as imagens do Porto estarão com 40% de desconto durante todo o mês de agosto.
As pranchas do Porto do Rio, do Guta, estão com 40% de desconto durante todo o mês de agosto

Aliás, o coordenador da livraria, Juca Pessoa, destaca que o novo canal de vendas da Livraria do IPP é uma saída para esse momento de crise do mercado literário. “Foi a maneira que a livraria encontrou de se reinventar e ser um ponto de resistência para os amantes e estudiosos da cidade”, explica. Ele contou ainda que, por conta da pandemia, os títulos serão disponibilizados gradativamente no site. “A crise do coronavírus acabou afetando a entrega de muitas mercadorias, então, por enquanto, algumas dezenas das publicações mais procuradas estarão no site. Mas a ideia é que até o final do ano todo o conteúdo já esteja disponível”.

Para o presidente do IPP, Paulo Cesar Amendola, “o lançamento da livraria virtual reforça o papel do Instituto de auxiliar na formação de pesquisadores da cidade do Rio de Janeiro”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here