A partir de 10 de outubro, a programação de Crianças #EmCasaComSesc entra em nova fase com os artistas ocupando os palcos das unidades do Sesc na capital paulista. As apresentações nos teatros das unidades serão intercaladas com as lives realizadas na casa dos artistas. O Crianças #EmCasaComSesc permanece aos sábados, ao meio dia, diretamente do YouTube e Instagram. Além disso, nesta semana, conta com uma sessão especial no Dia das Crianças.

Neste sábado, inaugurando a nova fase da série, a Fabulosa Companhia apresenta, direto do Sesc Avenida Paulista, a adaptação da peça “A Linha Mágica”, que conta com direção de Eric Nowinski. Aliás, trata-se do primeiro espetáculo do grupo de teatro infantil fundado em 2010 por Simone Grande e Eric Nowinski.

A montagem conta a história de Pedro, um menino inquieto e ansioso como tantos outros de sua idade. Ele deseja que um dia nunca seja igual ao outro e sempre faz alguma coisa pensando na próxima, e quando está na aula, pensa no que poderia estar fazendo em outro tempo, em outro lugar. Um dia ele recebe a visita de uma mulher misteriosa que lhe entrega uma linha mágica, a qual o permite avançar no tempo. A partir daí, sempre que se defronta com alguma dificuldade, Pedro utiliza a linha para se livrar daquilo que considera um “problema”, avançando nos anos de sua vida. Mas ele percebe que crescer não é mais fácil do que ser criança e vice-versa.

O ator Thomas Huszar, da Fabulosa Companhia, interpreta o personagem-título que faz o trânsito entre os diversos tempos da narrativa, se relacionando com as vozes gravadas dos outros personagens e com as canções do espetáculo (também gravadas), assim como projeções das animações originais.

Por fim, para celebrar o Dia das Crianças, o #EmCasaComSesc apresenta uma sessão extra na segunda-feira (12/10), no mesmo horário, ao meio-dia. A Companhia do Polvo sobe no palco da unidade 24 de Maio para a transmissão ao vivo do espetáculo “Telhado de Ninguém”. Inspirada no universo do cinema mudo, a montagem tem a sua comunicação feita pela linguagem gestual e pela música tocada ao vivo, que acompanha e pontua a ação.

De forma lúdica, a peça aborda temas como a responsabilidade ambiental, a reciclagem, a cooperação interpessoal e a sensibilidade cultural. Tudo acontece quando dois personagens – interpretados pela atriz Natalia Presser e pelo ator Nico Serrano -, vindos de culturas diferentes, naufragam no telhado de uma casa que está submersa no lixo. Ilhados, eles são obrigados a conviver para sobreviver. A situação se torna ainda mais complicada com a aparição de um terceiro personagem, um rato, que vive no forro do telhado e provoca muitos conflitos. A direção é de Mark Bromilow, com dramaturgia de Natalia Presser e música original de Andrei Presser.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here