O preciosismo de Nolan volta aos cinemas!

Filmado totalmente em câmeras IMAX, TENET, novo filme de Christopher Nolan, enfim, chegará aos cinemas! Aliás, Tenet, de fato, é uma produção ambiciosa que realmente merece ser vista na tela grande, porém prejudicada pela triste realidade da pandemia.

O filme, que mistura ação com viagem no tempo se diferencia dos demais projetos que misturam tais gêneros. Sob as ferramentas de Nolan, TENET se propõe uma estética complexa sobre o tempo invertido.

Com um convite ao desconhecido, o diretor nos leva à uma guerra temporal, cheia de reações em cadeia, com direito a muitos plot twists. Aliás, em TENET, Nolan imerge nos fundamentos da física e desenrola um enredo através da entropia de objetos e muitas elipses. É impressionante como o diretor consegue levar os conceitos para a tela, até mesmo para quem desconhece do assunto!

O filme é divertido e inventivo, com muitas cenas de ação. Junto à isso, as ótimas atuações de Robert Pattinson e John David Washington fazem de TENET um bom filme apocalíptico. Além disso, a engenhosidade da trama faz com que o filme te leve ao cinema.

Nolan até te faz até pensar: será que TENET, A Origem e Interstellar fazem parte de um único universo? E em que ordem? Nolan, cada vez mais, adentra no universo temporal, desenvolvendo mundos paralelos, no mínimo interessantes.

Destaque para a câmera nervosa que nos coloca dentro dos momentos de ação junto com a trilha sonora, completamente instrumental, que usa de recursos técnicos vertiginosos e impactantes. O espectador, de fato, é levado para dentro da tela!

TENET é espetacular, mas falta aquela genialidade de Nolan, que combina teoria e entretenimento, normalmente, com maestria. A diferença é que dessa vez, a temática imergiu demais dentro da teoria da física.

Além disso, TENET, certamente, será indicado ao Oscar nas categorias de Edição de Som e Efeitos Visuais.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here