Uma das maiores e mais importantes coleções de arte privada do mundo será apresentada no CCBB RJ a partir do dia 14 de abril. A grande exposição “1981/2021: Arte Contemporânea Brasileira na Coleção Andrea e José Olympio Pereira” conta com 119 obras de 68 artistas, pertencentes à importante coleção do casal carioca, radicado em São Paulo há mais de 30 anos. Aliás, a exposição ocupará as oito salas do primeiro andar do CCBB RJ a partir de núcleos temáticos, com obras de importantes artistas, de diferentes gerações, cobrindo um arco de 40 anos de arte contemporânea brasileira. Nos últimos anos, Andrea e José Olympio constam na lista publicada anualmente pela prestigiosa revista ARTnews como um dos 200 maiores colecionadores de arte do mundo.

Com curadoria de Raphael Fonseca, a exposição conta com obras em diferentes linguagens, como pintura, instalação, escultura, vídeo e fotografia. “A ideia é que o público veja cada sala como uma exposição diferente e que tenha uma experiência distinta em cada uma delas. Os contrastes e a diversidade da arte brasileira serão visíveis a partir da experiência do espectador”, afirma Raphael Fonseca.

Sem seguir uma ordem cronológica, a exposição traz desde trabalhos produzidos em 1981, como a escultura “Aquário completamente cheio”, de Waltercio Caldas, e a fotografia “Maloca”, de Claudia Andujar, até a pintura “De onde surgem os sonhos” (2021), de Jaider Esbell, mais recente aquisição da coleção. Obras raras, como pinturas de Mira Schendel (1919 -1988), produzidas em 1985, também integram a mostra, que apresenta, ainda, obras pouco vistas publicamente, dos artistas Jorge Guinle, Laura Lima, Marcos Chaves e da dupla Bárbara Wagner e Benjamin de Burca.

Serviço:
” 1981/2021: Arte Contemporânea Brasileira na Coleção Andrea e José Olympio Pereira”
Abertura: 14 de abril de 2021, às 12h
Exposição: até 26 de julho de 2021
Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro (Rua Primeiro de Março, 66 – Centro)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here