Home Teatro Adulto “(das) tripas (coração) – solos em confinamento” faz apresentações on-line

“(das) tripas (coração) – solos em confinamento” faz apresentações on-line

0
69

Com a direção de Nelson Baskerville, as atrizes Carolina Borelli, Estrela Straus, Júlia Ianina, Ligia Fonseca, Maria Eduarda Pecego, Pri Calazans e Tamara Maria Cardoso, e o ator Ricardo Nash trazem em “(das) tripas (coração) – solos em confinamento” suas questões mais íntimas e urgentes em solos teatrais on-line criados no isolamento de suas casas, durante a pandemia.

Algo em comum parece estar em ebulição entre essas oito criações: a vida em seus pequenos detalhes contrastada com a urgência da morte. É uma crônica desse confinamento interminável, com tudo que mais grita dentro de cada um destes artistas. Tripas e coração emaranhados como raízes, trazendo à tona a crueldade humana e a falta de comunicação. Buscam o luto e as relações atávicas para entender e, por que não, mudar esse mundo.

Aliás, os ensaios de “(das) tripas (coração) – solos em confinamento” aconteceram de forma virtual durante meses. “Minha provocação aos artistas foi a criação de uma grande crônica do isolamento. Artistas criando a partir de suas próprias experiências, feridas e cicatrizes em situação de mergulho dentro de suas próprias almas.”, conta Nelson sobre o processo de criação.

Os solos acontecem ao vivo, um seguido do outro, totalizando duas horas de apresentação via Sympla Streaming, na seguinte ordem: “Barba Azul”, de Ligia Fonseca, “Maria Velata”, de Maria Eduarda Pecego, “Nomes Sobre Mim”, de Ricardo Nash, “Eu sou negra?”, de Pri Calazans, “Cortei o Dedo”, de Tamara Maria Cardoso, “A vida é sonho ou o contrário?”, de Júlia Ianina, “Romã”, de Carolina Borelli, e  “Mãe, eu sobrevivi!!!”, de Estrela Straus.

Serviço
Dias 4, 5, 6 – 11, 12 e 13 de junho
Sexta e sábado às 20h e domingo às 19h
Duração:120 minutos
No final da primeira sessão, o público é convidado para um bate-papo com a equipe.
Onde: Plataforma Sympla

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here