Baseado na história real de Bob Zellner, porta-voz do Movimento dos Direitos Civis, Filhos do Ódio é baseado no livro biográfico “The Wrong Side of Murder Creek”, escrito por Bob Zellner e Constance Curry.

Neto de um membro da Ku Klux Klan, Bob Zellner resolve questionar a segregação racial nos Estados Unidos dos anos 60. Desafiando sua família, o jovem começa a questionar o racismo e lutar contra a injustiça social.  Filhos do Ódio conta como Bob Zellner tornou-se uma figura ativa no movimento pelos direitos civis no início dos anos 60 no Alabama e, eventualmente, se tornou o primeiro secretário de campo branco.

O filme biográfico de cunho dramático e datado, reacende a chama dos ideais supremacistas da Ku Klux Klan, em uma obra que desarma o público frente à questão racial e permite um envolvimento empático. O longa caminha em direção à conscientização enquanto a história se desenvolve.

Filhos do Ódio é uma envolvente história da vida real sobre o movimento pelos direitos civis dos anos 60. O drama inspira o espectador a aprender mais sobre os eventos retratados em  Filhos do Ódio.

Dirigido por Barry Alexander Brown, o filme faz um trabalho razoavelmente absorvente de dramatizar como as convicções de Zellner se fortaleceram. O diretor usa da mesma estratégia de seu protagonista: desarmar a situação de dentro para fora e, assim, revelar as contradições do racismo estrutural.

Com produção executiva do cineasta Spike Lee, Filhos do Ódio consegue a proeza de realizar um drama altamente político e atual. Aliás, o diretor Barry Alexander Brown trabalhou anteriormente com Lee nas em Infiltrado na Klan e Faça a Coisa Certa.

Produção estreia em 25 de junho de 2021 no iTunes, Apple TV app, YouTube, Google Play, NOW e Vivo Play.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here