O Ettore, tradicional restaurante de massas, completa 40 anos em julho. O restaurante foi aberto em 1981, como uma pequena loja de massas artesanais, na Barra da Tijuca. Além disso, na década de 90 chegou a ter duas unidades funcionando ao mesmo tempo no Leblon. Hoje o Ettore funciona em dois endereços, o original na Barra, onde fica também a loja, e outro no condomínio Cidade Jardim, em Jacarepaguá.

Ettore
Foto: Gabriel Reis

O chef Ettore Siniscalchi é filho de Emilio (1925-2013), responsável pelo enorme êxito da Cantina Sorrento e do Tarantella, no século passado, no Rio de Janeiro. Foi na cozinha desses restaurantes que o jovem cresceu, mergulhado desde cedo na tradição culinária da família. Ao completar 30 anos, Siniscalchi desligou-se dos negócios do pai e abriu um pastifício com o seu nome, no Condado de Cascais, na Barra da Tijuca, em julho de 1981. O objetivo era vender massas artesanais prontas para viagem, além de embutidos e antepastos.

A casa traz no DNA o talento de uma família do sul da Itália, com histórico de mais de um século no ramo da gastronomia. No Brasil, os Siniscalchi criaram ícones da boa mesa em São Paulo e no Rio, como a Confeitaria Guarany e a Cantina Castelões, no Brás; a Cantina Sorrento, antigo ponto de encontro de artistas e intelectuais, no Leme, e o saudoso Tarantella, na Barra. Mantendo a tradição, no Ettore, a qualidade da comida, a generosidade das porções, a variedade do cardápio e o atendimento são pontos de honra. O restaurante distingue-se também pela constante presença do dono e chef na casa e pelo serviço dos garçons.

Durante a pandemia, o Ettore tem focado esforços e energia nos serviços de encomenda, delivery e take-away. Para além das opções do cardápio, eles entregam em casa todas as massas e molhos artesanais a peso e também os doces e tortas confeccionados na confeitaria do próprio restaurante. Uma refeição no Ettore é, certamente, uma viagem no tempo, onde se experimentam sabores e atributos cada vez mais difíceis de encontrar.

Aliás, em 2021, o Ettore está de volta à Zona Sul, com o delivery funcionando na Gávea e no Leblon aos finais de semana.  O Ettore possui hoje 50 funcionários, incluindo o masseiro Aderaldo, que está com a família desde o Tarantella e se lembra até hoje da inauguração do pastifício.

Garçons como o Manoel e o Hilário, que também estão na casa desde o início e já conhecem muitos clientes pelo nome, presenciaram, surpreendentemente, incontáveis histórias como festas, celebrações, pedidos de casamento, despedidas de solteiros, desavenças, reconciliações.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here