Em Lado a Lado, uma adolescente de doze anos e seu irmão de sete, são filhos de pais separados, que não aceitam, de jeito nenhum, a namorada de seu pai, uma bela e renomada fotógrafa de Nova York. No entanto, uma notícia inesperada muda completamente a relação entre os familiares.

Lançado em 1998, Lado a Lado é bastante relevante sobre temas ligados ao universo familiar. Com uma história crível, com conflitos reais, o filme faz a lágrima escorrer nas situações mais corriqueiras.

Com um roteiro bem delineado, não tem como não se emocionar com a produção protagonizada por Julia Roberts e Susan Sarandon. No começo pode parecer bem clichê, mas a partir de poucos minutos toma um rumo de um bom drama familiar.

Susan Sarandon e Júlia Roberts se entregam as personagens profundamente, conquistando o espectador. Além disso, ainda temos Ed Harris, que com um personagem sem muito destaque consegue agradar nas poucas vezes que aparece.

Curiosidades à parte, as atrizes Julia Roberts e Susan Sarandon foram também produtoras executivas do filme. Além disso, o filme foi dedicado a Irene Columbus, mãe do diretor Chris Columbus.

O clássico “Ain’t No Mountain High Enough”, canção escrita por Nickolas Ashford, exerce uma função narrativa poderosa, ao passo que acompanha o desenvolvimento de algumas situações fundamentais em diferentes momentos dos arcos dramáticos dos personagens.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here