Em “Love Life”, acompanhamos a trajetória de Darby (Anna Kendrick), do primeiro amor ao amor duradouro, e como as pessoas com quem nos encontramos nos transformam. “Love Life” não é uma típica série nova-iorquina, a jornada amorosa de Darby é, de fato, um retrato mais realista da vida.

Se você está procurando algo glamoroso como “Sex and the City” e “Girls”, esqueça! Contada em 10 episódios de 35 a 40 minutos cada, “Love Life” acompanha a evolução da vida amorosa de Darby, com todos seus imbróglios.

É claro que Nova York é incorporada à história, com lugares lindos e charmosos da cidade que dão aquele toque inspirador à trama, mas, a série vai além desses takes. “Love Life” traz um retrato de uma rotina muito mais real. Darby não nos é apresentada como uma mulher super poderosa e bem-sucedida, pelo contrário, ela está em começo de carreira e ainda divide o apartamento com a melhor amiga.

Além disso, a série ganha mais pontos por trazer diversidade a trama, com personagens de diferentes nacionalidades e sexualidades. Dessa forma, a série incorpora uma Nova York livre de maneira leve e necessária.

Criada por Sam Boyd, a série conta com Bridget Bedard, Paul Feig, Dan Magnante, e Anna Kendrick como produtores executivos.

Meses após ter o seu primeiro ano completamente lançado nos EUA, a série teve a sua 2ª temporada anunciada pela HBO Max em junho de 2020. Além disso, foi revelado que o ator William Jackson Harper, muito conhecido do público pelo seu papel na série “The Good Place”, foi confirmado como o seu protagonista.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here