A nova edição da revista Serrote será lançada na próxima quarta-feira (28 de julho), às 18h, em uma live com Ynaê Lopes e o artista Arjan Martins, que também participa da edição. O debate será transmitido pelo YouTube do IMS e pelo Facebook da Serrote.

“A grande perversidade de nossa história, e da forma como ela é contada, é que a herança da escravidão brasileira nos é esfregada na cara todos os dias. Só não vê quem não quer.” Dessa forma, a historiadora Ynaê Lopes dos Santos descreve o racismo estrutural da sociedade brasileira. O argumento está no ensaio “Um pouco de navio negreiro”, um dos destaques da 38ª edição da serrote, revista de ensaios do Instituto Moreira Salles, que chega às livrarias neste mês.

O debate com Ynaê Lopes e o artista Arjan Martins, que ilustra o ensaio de Lopes, será mediado pela jornalista Fabiana Moraes. Os três convidados discutirão os impactos do tráfico negreiro na formação da sociedade brasileira, marcada pela desigualdade. Além disso, também abordarão como os movimentos de resistência ao tráfico apontam para novas perspectivas de liberdade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here