Walter Salles é o primeiro entrevistado da nova temporada.

Criada, apresentada e dirigida por Amir Labaki, a terceira temporada da série “Cineastas do Real”, estreia no Canal Brasil na quarta-feira, dia 4 de agosto, às 19h30. A nova temporada de “Cineastas do Real” conta com treze entrevistas inéditas e exclusivas com destacados documentaristas brasileiros.

“Com o ‘Cineastas do Real’, a gente consegue conhecer, com leveza e profundidade, a história de cada realizador, o que acaba criando registros fundamentais. Os episódios são muito interessantes para que se entenda a maneira, o olhar de cada realizador, e como isso é transformado em filme, além da história da produção e da realização de documentários no Brasil”, afirma André Saddy, diretor-geral do Canal Brasil.

Amir Labaki entrevistas os mais importantes e premiados documentaristas brasileiros, realizando uma imersão em suas obras para investigar suas motivações e inspirações. O programa, de fato, revisita o olhar dos cineastas convidados através de histórias de seus filmes e suas influencias.

Além disso, Amir Labaki busca entender as motivações por trás de importantes documentários e vasculhar detalhes da filmografia de seus realizadores na nova temporada de “Cineastas da Real”, que estreia no Canal Brasil quarta, dia 04/08, às 19h30 – e, na mesma data, chega aos serviços de streaming Canais Globo e Globoplay + Canais ao Vivo.

“A nova temporada de “Cineastas do Real” é mais um importante capítulo da longa e bem-sucedida parceria entre o Canal Brasil, Amir Labaki e o É Tudo Verdade. Para além da curadoria e da apresentação dos filmes da faixa É Tudo Verdade, com o programa, o Amir traz um olhar crítico, de especialista, sobre a carreira dos maiores realizadores de documentários no Brasil, que nos últimos anos, vem vivendo uma fase muito fértil, de muitas premiações em festivais mundo afora”, afirma André Saddy, diretor-geral do Canal Brasil.

“A pandemia adiou a temporada e nos forçou a gravar remotamente. Perdi o privilégio do convívio pessoal, mas o programa nada perdeu em foco, sintonia e concentração”, explica Amir Labaki.

O episódio de estreia investiga a obra de Walter Salles. O tema central do programa é a possibilidade de somar ao cinema de ficção experiências com documentário. Sobre essa prática ser comum e pioneira no Brasil, Salles afirma: “Talvez isso aconteça porque no Brasil a realidade é extraordinariamente imprevisível. E chegamos ao ápice dessa questão hoje, na irrealidade cotidiana com a qual a gente se defronta todos os dias. Daí decorre também a dificuldade de se fazer ficção no Brasil”.

Amir Labaki é um crítico de cinema, jornalista, curador, fundador e diretor do “É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários”.

EPISÓDIOS DE AGOSTO
4/8 – Walter Salles
11/8 – Antônio Carlos da Fontoura
18/8 – Joel Zito Araújo
25/8 – Sandra Kogut

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here