Dona BeijaDevassa, voluptuosa, provocante, independente. Dona Beija foi uma das personalidades mais marcantes do Brasil no século XIX. Se hoje ela é símbolo de mulher independente e dona de si,nos anos 80, ela era sinônimo de imoralidade. E foi com essa potência que a história de Dona Beija inspirou a novela que marcou uma geração.

Os direitos foram adquiridos pela produtora Floresta, que adaptará a narrativa com um olhar moderno e ousado, à altura da protagonista. À frente do desenvolvimento estão o autor português e vencedor do Emmy, António Barreira, e a roteirista Renata Jhin, que nessa adaptação assina a autoria da sua primeira novela.

Nessa versão, o clássico ganha a agilidade das narrativas modernas. A luxúria e luxuosidade ganharão mais cor e personalidade, seguindo altos padrões de produção. A história ganha uma tinta a mais nas discussões que escandalizaram a sociedade no século XIX e ainda são tão pertinentes para o século XXI, como empoderamento, questões raciais e classistas. Além disso, novos temas serão abordados para fazer jus a história e sua época, uma história que muitos já conhecem, mas que desta vez será contada de uma maneira inédita.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here