O Museu Oscar Niemeyer, de Curitiba, recebeu uma importante doação de aproximadamente 1.700 obras de uma das mais importantes e significativas coleções de objetos de arte africana do século 20, vindas da coleção do casal Ivani e Jorge Yunes, detentores de uma das maiores coleções de arte do Brasil.

São máscaras, esculturas, bustos e cabeças de bronze, miniaturas metálicas, objetos do cotidiano e instrumentos musicais, que podem ser vistos pelo público na mostra de longa duração “África, Expressões Artísticas de um Continente”. Aliás, as obras têm origem em países como Costa do Marfim, Mali, Nigéria, Camarões, Gabão, Angola, República Democrática do Congo e Moçambique, entre outros.

Com curadoria de Renato Araújo da Silva, a exposição coloca a arte africana no mesmo patamar da arte mundial, reafirmando o processo da instituição de expandir seu olhar não eurocêntrico para a arte latino-americana, asiática e africana.

O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção asiática da América Latina.

O acervo do museu conta com mais de 9 mil peças, abrigadas em um espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here