Estúdio Bijari
Foto: Yassine El Mansouri

Os artistas do Estúdio Bijari estão entre os cinco escolhidos da América Latina e Caribe pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (IDB) para criar uma performance que reflete o poder de transformação da arte nos contextos pós-pandêmicos. A proposta, que fez parte do evento digital Healing a Broken World, no Summit, ganha agora exposição presencial e virtual até março de 2022, na Galeria do IDB, em Washington.

O grupo apresenta o vídeo “Cura”, uma performance cinematográfica baseada em um ritual de transformação e cura. Nele, personagens encenam a metamorfose de um carro.

“Cura retrata a depredação – e subsequente transformação de um carro em um jardim urbano – como um processo de cura, um ritual de expurgo, de passagem. Na encenação os performers fazem alusão à personagens da cultura regional brasileira como o marginal, o caboclo e Obaluaiê que tensionam o imaginário urbano de onde emergem e contra o qual empreendem essa transformação”, comenta Maurício Brandão, sócio e artista do Bijari.

É possível realizar um tour virtual através do site.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here