“Renascer” ainda abordou o hermafroditismo.

Novela de Benedito Ruy Barbosa com direção de Luiz Fernando Carvalho, Emilio di Biasi e Mauro Mendonça Filho, exibida originalmente em 1993, “Renascer” fez enorme sucesso e marcou a história da teledramaturgia,  com uma trama dividida em duas fases.

Ao fincar o facão ao pé de um jequitibá nas roças de cacau de Ilhéus, José Inocêncio (Leonardo Vieira/ Antônio Fagundes) promete permanecer com o corpo fechado enquanto o objeto estiver ali. Ele afirma que não morrerá “nem de morte matada, nem de morte morrida”, a promessa acompanha o protagonista.  Apaixonado por Maria Santa (Patrícia França) casa com ela e os dois têm juntos quatro filhos: José Augusto (Marco Ricca), José Bento (Tarcísio Filho), José Venâncio (Taumaturgo Ferreira) e João Pedro (Marcos Palmeira). Após o parto do caçula, Maria Santa morre. A tragédia faz com que José Inocêncio rejeite João Pedro durante toda a vida. Mas, apesar disso, ele cresce com um amor incondicional ao pai, apesar de saber que ele o culpa pela morte de sua mãe.

“João Pedro era o filho enjeitado com amor absoluto pelo pai. Um jovem trabalhador rural que nunca se deixou contaminar pela ambição, extremamente ético”, lembra Marcos Palmeira que, para compor o papel, fez laboratório em uma fazenda. “Fiz laboratório na fazenda de cacau do meu avô, na Bahia, e ali pude mergulhar no universo cacaueiro que me ajudou a ter até um outro olhar para essa lavoura tão importante”, lembra o ator.

Enquanto os três filhos mais velhos moram na cidade, João Pedro é o único que se mantém ao lado do pai, mesmo tendo ciência de toda a indiferença que desperta nele. Para complicar ainda mais essa relação entre pai e filho, os dois se apaixonam pela mesma mulher: Mariana (Adriana Esteves). João Pedro conhece e se encanta pela jovem e a leva para trabalhar na fazenda, sem saber que é neta do grande inimigo de José Inocêncio, Belamiro (vivido por José Wilker na primeira fase). Destinada a se vingar da família de José Inocêncio e João Pedro, Mariana acaba se envolvendo verdadeiramente pelo inimigo de seu avô.

José Inocêncio e Mariana se casam, o que faz com que João Pedro tenha que sufocar o amor que sente por ela. Com a notícia da união, os filhos mais velhos exigem que o pai faça logo a partilha entre os herdeiros. “Renascer foi uma novela linda, num ambiente baiano. Passamos muito tempo gravando e morando em Ilhéus. Uma novela altamente poética, e minha personagem foi riquíssima para mim. Diferente de todos os trabalhos urbanos que já haviam me dado”, lembra Adriana Esteves, que deu vida à protagonista aos 23 anos de idade.

“Renascer” ainda abordou o hermafroditismo por meio da personagem Buba, interpretada por Maria Luisa Mendonça, em sua primeira novela na TV Globo. Buba se envolvia com um dos filhos de José Inocêncio, José Venâncio. Também foi o primeiro papel de Jackson Antunes, intérprete de Damião. Contratado para matar José Inocêncio, ele acaba se tornando um fiel trabalhador da fazenda do coronel. Outro personagem de destaque foi Tião Galinha, vivido por Osmar Prado. O elenco contava ainda com Patricia Pillar, Herson Capri, Eliane Giardini, Isabel Fillardis, Gésio Amadeu, Roberto Bonfim, Regina Dourado, Chica Xavier, Fernanda Montenegro, Ana Lucia Torre, Cacá Carvalho e José Wilker.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here