A TV Cultura apresentará uma programação especial pelo centenário da Semana de Arte de 22. Entre projetos inéditos, exibições de filmes e edições temáticas de programas da casa, a celebração pretende não somente retomar a Semana de 22, mas trabalhar seus reflexos, desdobramentos e diálogos com o Brasil.

No dia 7 de fevereiro, o Roda Viva receberá Ruy Castro, talvez um dos grandes críticos da Semana, para debater sobre a visão que ele apresenta do acontecimento nos livros Metrópole à beira-mar e Vozes da Metrópole. Com apresentação de Vera Magalhães, vai ao ar às 22h.

No dia 11 de fevereiro, estreia 22 “Cem Anos Depois”, série inédita criada por Miguel de Almeida com 22 mini documentários de dois minutos e meio, que serão inseridos ao longo da programação até o mês de abril. A série conta com a participação de 22 grandes nomes da cultura brasileira, para abordar temas tangenciais e periféricos da Semana de 22.

Entre as personalidades escolhidas para narrar os episódios, estão Geraldo Carneiro, Ignácio de Loyola Brandão, Silviano Santiago, Arrigo Barnabé, Julio Medaglia, Martinho da Vila, Renato Teixeira, Raul Córdula, Paulo Miklos, Hugo Possolo, Paulo Mendonça, Siron Franco, Fábio Magalhães, Maria Adelaide Amaral, Aguillar, Rappin Hood e Antonio Torres. Ao longo dos programas, serão relembrados artistas como João do Rio, Pixinguinha, Lima Barreto e Câmara Cascudo.

Neste mesmo dia, o “Metrópolis”, às 19h20, apresentado por Adriana Couto e Cunha Jr., e o Entrelinhas, às 20h, comandado por Manoel da Costa Pinto, ganharão edições especiais para falar sobre o tema. Enquanto o primeiro mostra um diálogo da Semana de 22 com os artistas que rompem barreiras hoje, o segundo aborda os lançamentos literários sobre o tema.

Haverá ainda a exibição de três filmes icônicos: Macunaíma, no dia 13 de fevereiro, às 22h30; O Homem do Pau Brasil, de Joaquim Pedro de Andrade, no dia 20 de fevereiro; a partir das 22h; e a primeira vez na TV aberta do filme que José Celso Martinez Corrêa rodou sobre a clássica montagem de O Rei da Vela, no dia 12 de fevereiro, às 22h30, com registros documentais da época, em direção conjunta com o cineasta Noilton Nunes.

Também está garantida a estreia de Tarsilinha, longa de animação infantil produzido pela Pinguim, de Kiko Mistrorrigo e Celia Catunda. O filme será exibido com exclusividade na TV Cultura para crianças de todo o Brasil imediatamente após a estreia nas salas de cinema, prevista para dia 17 de março.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here