Companhia Urbana de Dança
Foto: Jenner Souza

Pela primeira vez na história da internacional Companhia Urbana de Dança, fundada em 2004 pela coreógrafa e diretora Sônia Destri Lie , apresenta uma montagem foi criada de forma tão rápida. Foram apenas 22 dias para nasceu “Rota de Fuga”, inspirado na vivência dos dançarinos que sentiram na pele a limitação de dançar durante este difícil período do coronavírus.

Resultado do Prêmio Funarj de 2021, “Rota de Fuga” fará duas únicas apresentações, com preços populares, uma na Zona Norte, no Teatro Armando Gonzaga (01/04), e outra no centro, no Teatro João Caetano (07/04). Os cinco integrantes, enfi, voltam aos palcos em uma nova experiência que revela as mudanças pelas quais passaram, sejam pessoais ou profissionais, e com um fator sem precedentes: driblando o ganho de peso, obtido durante os dois anos praticamente parados.

Em “Rota de Fuga”, a diretora Sônia Destri Lie assina a concepção e aposta em movimentos recheados de dramaturgia, sem exigências. O espetáculo é um trabalho de equipe. Desta vez partiu dos dançarinos que delinearam a coreografia em conjunto, e que junto com Destri, elaboraram a obra.

A última montagem aconteceu em 2018 com “Cinco passos para não cair no abismo”. Na fase do “fique em casa”, a Companhia produziu uma frase de coreografia por semana, e parte do material, desenhado naquele período, foi usado em “Rota de Fuga”. Segundo Sônia, cada um se expôs verdadeiramente a partir das loucuras pessoais percebidas e vividas por estarem trancados em casa durante a pandemia.

O público poderá assistir a um espetáculo de olhar despudorado sobre o momento pandêmico pessoal, em que durante o processo de criação foi se moldurando a falar muito mais do afeto do que do drama que a pandemia trouxe. “Somos todos hoje ‘novos eus’, resultado dessa vivência, no isolamento, na desesperança, no medo”, revela Sônia.

Composta hoje por talentosos artistas afrodescendentes cariocas, a Companhia Urbana de Dança se destaca em todo o mundo, com sucesso de crítica e público, e tendo conquistado importantes espaços na imprensa internacional. A Cia é referência em dança de rua dentro e fora do país, mesclando o talento nato dos dançarinos do asfalto com a técnica da dança moderna.

Serviço:
Data: 1º de abril – sexta-feira
Horário: 16h
Local: Teatro Armando Gonzaga
Endereço: Av. Gen. Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes
Classificação: Livre

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here