Eleitos pelo Guia do Hambúrguer como a segunda melhor hamburgueria da Cidade Maravilhosa, a Doma House foi a primeira convidada da baixada a participar do BurgerFest, famoso festival que acontece em todo Brasil. Após o sucesso, sob o comando do chef Davi Filho, a marca amplia os horizontes e aporta em uma área nobre de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro.

Pelas mãos do arquiteto Rafael Ramos, o projeto conta com pegada industrial e foi projetado em uma antiga casa no coração de Caixas. Despojado, o ambiente conta com mesas ao ar livre e confortável área interna com sofás e puffs para o deleite dos comensais. Com luz baixa, o salão conta com clima intimista e contemporâneo. Azulejos da antiga casa foram preservados em uma das áreas.  Plantas naturais completam o aconchego. No jardim, a noite é iluminada por descontraídos pontos e varal de luz, que dão toque aos murais pintados a mão livre por Felipe Guga. O artista também encanta com obras presentes em pontos específicos do estabelecimento.

No menu do novo gastrobar há, ainda, drinks clássicos e autorais do mixologista Michel Nascimento e entretenimento garantidos numa atmosfera aconchegante e cool.

“Acreditamos que todos devem ter acesso a comida de qualidade a um preço justo. Transformamos nossos food trucks em uma casa incrível, onde serviremos não só nossos queridinhos burgers, mas também pratos executivos, pizzas e arte. Em breve, teremos um pequeno horto e, quem sabe, um café? A ideia é que a pessoa venha nos visitar e se sinta em casa. Que seja uma programação que agrade a todos.” explica Davi.

O carro chefe do Doma House ganha destaque com brioches amanteigados e fofinhos, blend de carne fresca, molhos e complementos produzidos na casa. O Lala Crock(R$34), por exemplo, não dá chance a erros, agrada Gregos e Troianos com cheddar, bacon fininho, cebola crocante e toque especial de maionese de melaço. Já o Doma (R$27) é para aqueles que preferem não ousar e fazem questão de sabor apurado. A carne suculenta recebe muçarela derretida, alface americana, tomate fresco, picles de cebola roxa e maionese do chef.  Aliás, Davi ainda investe em insumos inusitados entre as hamburguerias como o Scott (R$37) com queijo muçarela, geleia de bacon, agrião, rúcula e maionese de alho.

Doma HouseOutra aposta é o Cogu(R$37) com queijo minas padrão, cogumelos salteados no saquê e shoyu, finalizado com brotos frescos. Se preferir os burgers no estilo smash, a pedida ideal é o Passion(R$37) com dois discos prensados na chapa, queijo cheddar e prato, bacon fininho crocante e maionese picante. Detalhe importante: todos chegam à mesa com batatas fritas – de verdade – douradinhas e crocantes com molho(R$22).

Doma House
Foto: Studio Livre

Não menos importante, as entradinhas ganham destaque com as harmonizações da carta de drinks. Para começar, Chicken Wings (R$36) e Meat Balls com Barbecue (R$30). As coxinhas das asas de frango são servidas com maionese de páprica picante. Já as Meat Balls, clássicas bolinhas de carne, ganham versão com suculenta carne de costela e recheio de cream cheese. Ainda nos tira gostos, vale apostar nos Dadinhos de Tapioca com Queijo(R$28) em cama de ketchup de goiabada; e na Linguiça Recheada com Queijo(R$36), acompanhada de chimichurri Doma e pão.

Doma House
Foto: Studio Livre

Além disso, para os viciados em batatinhas, a casa criou a Batata Doma(R$22) com azeite de alho, parmesão ralado na hora e salsinha fresca. Se preferir com algo mais heavy, a Batata com Cheddar e Bacon(R$28) vai conquistar seu coração com crocância e queijo cremoso.

Entre os sanduíches, três opções deixam qualquer um com água na boca. Se for vegetariano, a boa pedida é o Veggie(R$36). Preparado com falafel da casa, o sanduba recebe creme azedo, alface americana, tomate e cebola. Já o Parmeggiano(R$36) é composto por frango empanado crocante, molho de tomate fresco, queijo e manjericão. Para os amantes de carne de porco, o DOC(R$36) chega em pão sourdough com porco desfiado, picles de cebola roxa, molho agridoce e broto de feijão.

Do bar, além dos clássicos, o mixologista apresenta drinks autorais, sodas, chás e opções de gin tônica saborizadas. Entre as sugestões, o Doma Mule(R$32) com vodka infusionada com baunilha, limão taiti, xarope de açúcar, água com gás e espuma de tangerina. O Chopper(R$32) chega com defumado do bourbon, combinado com limão taiti, xarope de caramelo salgado e albumina. Com rum ouro, o Usopp(R$28) ganha toques refrescantes com morango, abacaxi, limão taiti e xarope de gengibre. Se preferir o gin, há uma ala exclusiva para a bebida queridinha do momento. O Gin de Caju(R$25) recebe a fruta in natura, xarope de gengibre e cardamomo. Já o de Gin de Tangerina(R$25) é feito com tangerina importada, alecrim e zimbro. Quem quiser pegar leve, Sodas Artesanais(R$13) de Maçã Verde, Kiwi e Mojito estão disponíveis. Vale também consultar as Sodas da Estação, preparadas com insumos especiais de acordo com a sazonalidade.

O próximo passo do gastrobar Doma House, é ampliar o horário de funcionamento e lançar o almoço executivo. Com entrada, prato principal e sobremesa por(R$50), o menu completo é perfeito para o comensal que não abre mão de sabor e qualidade com preço justo e serviço rápido na correria do dia a dia. Os pratos mudarão semanalmente e serão anunciados nas redes sociais. Haverá, também, ainda no primeiro semestre, oferecimento de pizzas que poderão ser consumidas presencialmente ou via delivery. “Queremos ver nossa casa cheia com pessoas que prezam por um espaço diversificado com vibe leve e comida boa” conta Davi.

O Doma House fica na Rua General Câmara, 240 – Jardim Vinte e Cinco de Agosto, em Duque de Caxias.

*Valores sujeito à alteração

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here