"Adriano, Imperador"A série documental “Adriano, Imperador” relembra a trajetória de vida de uma das lendas do futebol brasileiro através de fatos marcantes, narrados pelo próprio atleta. Em coletiva de imprensa Adriano conta, “É uma emoção muito grande chegar ao topo do futebol mundial, não só para mim, mas também para a minha família”.

A série tenta traduzir o jogador, com o intuito de humanizar a sua história. Ao mesmo tempo, ícones do futebol mundial como Aloísio Chulapa, Dejan Petković, Javier Zanetti, Léo Moura Ronaldo Fenômeno, Massimo Moratti (ex-presidente da Internazionale) e familiares de Adriano, como Rosilda Ribeiro, mãe do atleta, e amigos próximos deixam depoimentos emocionantes.

A produção do VIS, divisão de estúdios da Paramount, reúne em três episódios, relatos de Adriano, numa conversa franca e genuína, nos quais revive suas conquistas, suas lutas pessoais, familiares e, acima de tudo, o amor que sempre sentiu pelas suas origens. “Adriano, Imperador” conta com a voz do atleta como fio condutor da narrativa, imagens raras do arquivo pessoal da família, que foram cedidas pelo próprio Adriano.

Do menino que cresceu em uma das maiores favelas do Brasil, a Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro, até se tornar um ídolo do futebol que deixou para trás prestígio, fortuna e um contrato milionário na Europa para poder voltar às suas origens, Adriano, Imperador está longe de ser um personagem. De origem humilde, o jogador representa o Brasil profundo.

Além disso, a produção ainda traz seus conflitos, sua questão com fama, tímido de natureza, a produtora Vania Catani acredita que conseguiu traduzir a alma dele. Aliás, a ideia do contar sobre sua vida nas telas saiu de um encontro em um show dos Racionais, a produtora Vania Catani, que comentou com Adriano, que adoraria fazer o filme da vida dele.

Porém, Adriano conta que pretende ficar longe das telas. Um filme sobre sua história, talvez, possa acontecer, mas virar comentarista de futebol, ele mesmo disse que está longe de exercer.

A série é quase um diário da vida do jogador, você espera um personagem, mas não é, Adriano é super sensível, um homem diferente dentro desse mundo machista que é o futebol. Além disso, a série presta um grande serviço aos atletas, por mostrar um lado necessário sobre a saúde mental.

Sua relação com dinheiro, depressão, escândalos, carros, mulheres e, claro, futebol, tudo isso é abordado em “Adriano, o Imperador”, que estreia, com exclusividade no Paramount+, no dia 21 de julho.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here