O Be+Co acaba de entrar em uma nova fase! A coexistência gastronômica se dá de maneira equilibrada e em perfeita sintonia com o Brota, Zatar, Curadoria, Cozinha do Mar e Tortin, que apresentam novidades em seus cardápios.

Foto: Samuel Antonini.

Com Roberta Ciasca aos comandos da cozinha, o vegetariano Brota incrementou seu menu com três novidades: Macncheese (R$45), uma massa espiral com molho cremoso de queijo Canastra e farofinha da casa com crocante de parmesão; risotinho Cibele (R$45) feito com mix de grãos, creme de leite fresco, parmesão, tomate assado, pesto de manjericão, boursin de cabra e rúcula; além do risotinho vegano de abóbora (R$42), um creme de abóbora e alho assados, abóbora, cebola roxa grelhada, ervilhas e mix de sementes.

Árabe da lendária Katia Hannequim, o Zatar conta também com novidades inspiradas nos sabores mais marcantes desta gastronomia. Um dos grandes destaques é o Arais (R$35), um hambúrguer de kafta acompanhado por batata frita e molhos, além do Turkish (R$48), que são as deliciosas keftas de carne cozida em molho rústico, harissa (pasta de pimenta), homus e coalhada. Além disso, outras três novidades no cardápio do Zatar são o Cairo (R$48), espetos de carne empanados com gergelim, salada e babaganoush; Haifa (R$39), prato vegetariano que leva homus, salada Israeli, grão de bico cozido em molho rústico, coalhada e rabanete; e Mediterrânea, outra opção vegetariana feita com berinjela grelhada, molho tzatzik, cebola marinada e homus.

Foto: Samuel Antonini.

Comandados pela chef Monique Gabiatti, o Cozinha e o Crudo unificaram-se e deram vida ao Cozinha do Mar, onde os frutos do mar são as verdadeiras estrelas do cardápio. De tacos a sanduíches, o novo Cozinha do Mar ainda apresenta novas opções de pratos que mesclam comida mexicana, peruana e japonesa, em que a diversidade de sabor e temperos guia os paladares.

Nas entradas, destaque para ceviche de peixe branco com conserva de batata doce roxa, milho natural, milho peruano e coentro (R$45); ceviche nikkei de salmão no molho ponzu, óleo de gergelim torrado, cebola roxa, gengibre, tomate cereja, togarashi e crocante de arroz (R$47); tartar de salmão com mousse de guacamole, salsa pico de gallo e nachos (R$55); e tortilha de atum com geminha picante, wakame, jalapeño, alface e mayo de missô (R$35, 2un).

Para beliscar, tomates verdes fritos com stracciatella e basilicão acompanhados por pão quentinho (R$39); pão de queijo de tapioca frito com Catupiry e melaço de cana (R$39); e o tempurá de camarão thai, que trás o crustáceo empanado em massa crocante com molho agridoce e picante, gergelim e amendoim (R$57).

Da cabeça inquieta de Monique, saíram ainda novas opções de sanduíches, todos acompanhados por batatas nori, e também os tacos. Uma das apostas é o shrimp roll, sanduíche de camarão com molho tártaro, cebola frita e togarashi no pão de leite (R$47); além do pulpo burger preparado com polvo grelhado, maionese de paio, burrata, rúcula, tomatinhos confit e cebola frita no pão de brioche (R$59); e do salmão melt, que leva tartar de salmão, mayo de missô com sriracha, rúcula, abobrinha frita e stracciatella no pão de casca dura (R$55).

Nos tacos, destaque para o de tartar de salmão, togarashi, abacate, mayo de missô e salsa pico de gallo (R$27); e o de tartar de atum, togarashi, abacate, mayo de missô e salsa piso de gallo (R$27).

Para quem está em busca de pratos principais, o Cozinha do Mar também conta com sugestões, como o lámen de frutos do mar em caldo de cogumelo, ervilha, ajitama e os próprios cogumelos – R$57); tirashi (arroz japonês temperado com molho shari e furikake, ajitama, peixes do dia, kani, wakame, mayo de missô e sunomono – R$73); e o arroz a pescador de caranguejo (R$49), entre outros.

“O Cozinha do Mar surgiu da união entre o Cozinha e o Crudo. Como os frutos do mar sempre foram as especialidades da casa, agora estamos com mais opções que envolvem os próprios crudos, tacos, sanduíches, ceviches e uma boa variedade de pratos principais. Montei um cardápio que conseguisse contemplar e mesclar as gastronomias mexicana, peruana e japonesa, que são excelentes referências quando o assunto é técnica, frutos do mar e temperos”, conta Monique.

Além disso, o Tortin, o bar do Be+Co, também aposta em novidades em sua carta de drinques. Subversiva e envolvente, conta com coquetéis criados e desenvolvidos colaborativamente por Igor Renovato, Heitor Senna e Camila Monteiro, em uma parceria com a marca Ketel One Botanical, que em sua produção usou apenas ingredientes botânicos frescos e infusão de essências naturais das frutas.

Como resultado desta alquimia, novos drinques surgiram, como o Collins Flutua (R$25), que mistura sabores cítricos e refrescantes, feito com Ketel One Botanicals Grapefruit, água de mel, toque de limão, lâmina de pepino e tônica zero. Caso a procura seja por um drinque picante e agridoce, o Baile Perfumado (R$32) é feito com Black Label, purê de cereja com morango, toque de wasabi e splash de Double Black. Por lá, ainda acontece, toda terça e quarta, o Happy Gin Hour, das 18h às 21h. Durante esse período, há dose dupla de alguns coquetéis da carta por R$35. Ao todo, são contemplados cinco drinques da carta, como o Be+Co Mule, GT Lemon, Caipi Beco, Tanqueray & Tonic e De Tangerina.

Foto: Samuel Antonini.

Na Curadoria, os destaques são os burgers e sanduíches que saem por lá, como o Ritalina (R$38), Classic (R$38), Ex-Mashinho (R$38), Sanduíche de Pastrami (R$40) e de Lombo (R$40). Além disso, há sugestões de entradas como o karaage (R$33) e croquete de pulled pork (R$33).

O Be+Co ainda volta, aos fins de semana, com sua curadoria musical para animar a noite. No repertório, o público pode conferir de sexta a domingo, de acordo com a programação musical da casa divulgada em sua própria rede social, djs da cena carioca, como DJ Saraiva, DJ Ana Santi e DJ Pivete, entre outros.

O Be+Co fica na na Rua da Matriz 54, em Botafogo,.

*Valores sujeito à alteração

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here