- Publicidade -

3ª edição do Festival Interações Acrobáticas reúne artistas de diferentes linguagens acrobáticas

Publicado em:

De 15 a 23 de outubro o Rio de Janeiro recebe a 3ª edição do Festival Interações Acrobáticas. O evento reúne artistas de diferentes linguagens acrobáticas que transitam entre a dança contemporânea, o Hip Hop, o krump, o voguing, a capoeira, o breaking e o circo. Espetáculos, performances itinerantes, oficinas, bate-papo, batalha e mesa de debate compõem a programação gratuita que acontece no jardim do Museu da República, na Praça Mauá, no Parque Madureira e no Centro Coreográfico, na Tijuca.

“A dança acrobática é um estilo que surge da mistura de elementos da acrobacia com diferentes modalidades da dança. Ela carrega em sua essência a natureza, a atitude e a forma de diversos ambientes sociais e culturais. Falar sobre dança acrobática é falar sobre o cruzamento de linguagem e do encontro entre muitas áreas do conhecimento”, afirma Helena Heyzer, acrobata e idealizadora do projeto.

A 3ª edição do Festival Interações Acrobáticas abre no dia 15 no Museu da República. Uma bicicleta sonora conduz o público pelo jardim onde acontece a encenação de seis performances itinerantes com 10 minutos de duração cada uma. Helena Heyzer e Guilherme Gomes apresentam “Em Boa Companhia”; Ruy Carvalho e Mariana Taques encenam “Aqui”; João Mandarino performa “Pedaços de Mim”; Julia Franca traz “A reviravolta”; Bruno Carneiro “In-Re-flexível” e Circo no Ato encerra com “(Re) Construção”.

No dia 16/10 é a vez do Parque Madureira (no trecho entre a Arena Carioca Fernando Torres e o Portão 4) receber o circuito de performances com a apresentação de três artistas, a partir das 15h: Juliete com “The Felinex Flex Feelings”; Alex Pitt e Bruno Duarte com “A Margem Fragmento”; e Amanda Gouveia, Paula Lopes, Salasar Junior e João Alves encerrando com “Antropofagia dos Afetos”. Neste dia haverá também a “Batalha All Style” com a participação de oito artistas previamente selecionados pelo Festival. Uma comissão julgadora irá avaliar as apresentações: o 1º Lugar recebe o prêmio de R$800, o 2º recebe R$600 e o 3º R$400. Todos os participantes serão remunerados com o cachê de R$200. Dj Def Brks anima a disputa.

A Praça Mauá será o palco de despedida do Festival com a encenação de dois espetáculos que começam sempre às 16h (haverá intérprete de LIBRAS). No dia 22/10, o espetáculo “Maiador”, da Cia. Delá Praká, mistura acrobacia, mastro chinês, duo acrobático e a musicalidade dos “brincantes” (personagens de danças populares como a ciranda, o maracatu e o bumba-meu-boi). No dia 23/10, “Magote”, do grupo Monjuá, promove o encontro de seis artistas acrobatas, malabaristas, bailarinos, performances, cômicos e circenses que – por meio de técnicas e ludicidade – unem seus corpos em cena para formar imagens divertidas.

A programação conta também com oficinas gratuitas de diversas modalidades de dança acrobática (incluindo uma para o público infantil) e a mesa de debate “Multiplicidade da Dança”. Ambos acontecem no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, na Tijuca (vide programação)

Serviço
Quando: 14, 15, 16, 22, e 23 de outubro
Ingresso: gratuito
Classificação: livre.
Instagram: @interacoesacrobaticas

Rota Cult
Rota Cult
Redação do site E-mail: contato@rotacult.com.br

Mais Notícias

Nossas Redes

2,459FansGostar
216SeguidoresSeguir
125InscritosInscrever
3.870 Seguidores
Seguir
- Publicidade -