- Publicidade -

“Peça de amar” em temporada no Mezanino do Sesc Copacabana

Publicado em:

"Peça de amar"
Foto: Rodrigo Menezes

Mais do que contar a história de amor entre Georges e Henfil, “Peça de amar” compartilha memórias aliadas a contextos do país. É por meio desse resgate que os dois personagens protagonistas lidam com diversos tipos de conflito. O tema, certamente, torna-se ainda mais atual em tempos como o nosso, de polaridade.

A montagem tem dramaturgia de Henrique Fontes e Vinicius Arneiro. Construída a partir do texto “Eu e Vc”, do dramaturgo potiguar Henrique Fontes,  a peça é sobre essa relação de amor e suas divergências.

“Peça de Amar” acompanha o relacionamento de Georges e Henfil – dois atores que vivem um amor intenso – desde o momento em que se conhecem, passando pelo atravessamento do HIV e uma relação sorodiferente. O pano de fundo é o cenário de um país em crise, trazendo também ao debate questões de classe.

“É uma peça onde passado, presente e futuro tem suas fronteiras borradas, onde os jogos de cena e de encenação buscam experimentar justaposições entre tempo e espaço” – destaca Vinicius Arneiro, diretor do espetáculo.

A obra dialoga com trechos do livro “Cartas da mãe”, um compilado de cartas escritas pelo cartunista Henfil durante o período de 1977 a 1980. Esse cruzamento histórico é uma forte característica de Henrique Fontes, que desenvolve uma importante pesquisa em teatro-documental, onde constrói dramaturgias que refletem as complexidades da sociedade brasileira ao dialogar com fatos e dados históricos em uma inventiva produção de ficção.

  Serviço
Temporada: de 10 de novembro a 4 de dezembro de 2022 / De quinta a domingo, às 20h30
Local: Mezanino – Sesc Copacabana (Endereço: Rua Domingos Ferreira, 160)
Classificação: 16 anos
Duração: 60 minutos

Rota Cult
Rota Cult
Redação do site E-mail: contato@rotacult.com.br

Mais Notícias

Nossas Redes

2,459FansGostar
216SeguidoresSeguir
125InscritosInscrever
3.870 Seguidores
Seguir
- Publicidade -