infidelidade

Num subúrbio de Nova York, Connie Sumner (Diane Lane) leva uma vida feliz e segura ao lado de Edward (Richard Gere), com quem está casada há 11 anos, e seu filho Charlie (Erik Per Sullivan). Aparentemente nada poderia se interpor na felicidade do casal, mas o amor é posto à prova quando Connie esbarra com Paul Martel (Olivier Martinez), um belo e sensual francês. Os dois se tornam amantes e são dominados por uma paixão que não para de crescer, enquanto o comportamento da mulher começa a gerar suspeitas em Edward.

Drama com um quê de suspense tem como temática algo muito comum no cinema, mas a maneira como é conduzida pelo diretor e os atores fazem deixar o filme único.

1 Comentário

  1. Desse jeito até parece banal oque Connie passa. Vida feliz e segura só se for pra posar pra foto. Infeliz em meio à mesmice e rotina, mesmo assim é honesta. Porém, o estado de vulnerabilidade a que o marido a expõe, mesmo se auto recriminando, a faz sucumbir. Filme verdadeiro. Um instante de vulnerabilidade leva a uma série de erros de todas as partes. Bem reflexivo. Diane Lane ótima. Final coerente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here