Olá querido espectador, posicionem seus celulares que hoje é dia de filmar um musical. Tem algo errado nesse texto, não acham? Pois é, foi exatamente essa experiência que eu tive. Enquanto, eu tentava apreciar o belíssimo musical sobre a história da música sertaneja, eu não vi um ou dois celulares à postos, filmando o espetáculo, eu vi muitos. Soou-me estranho e no intervalo fui me certificar, como em todo espetáculo teatral, me afirmaram, não, não pode, porém o público não respeita. Achando que não interfere no espetáculo, ele fica ali quietinho “na dele”, mas incomoda, e muito, a visão de quem está atrás e ao seu lado, além de prejudicar a imersão do espectador naquele mundo que a peça se propõe. Portanto, ao ouviram aquela voz do além pedindo para desligarem seus os celulares, não entendam como uma opção, mas sim, como uma regra que deve ser seguida.

O musical é lindo! Tem uma estrutura digna de grandes musicais e o carisma de Michel Teló é a cereja do bolo desse espetáculo empolgante sobre o gênero musical que conquista gerações e abre portas para novos talentos. Os artistas em cena e a complexidade do cenário transformam a ida ao teatro numa viagem no tempo. É emocionante fazer parte desse show ( com os celulares desligados, é bem melhor).

Com um roteiro cativante e gracioso, a peça que leva música sertaneja do campo à cidade, desde o século 17, até os dias mais recentes, atravessa sua trajetória e a formação da música caipira e da cultura interiorana. Bem sertanejo é um espetáculo que enaltece a cultura caipira brasileira em meio a sua história musical.

O musical que tem o mesmo nome do quadro do “Fantástico” leva o apresentador, e agora ator, Michel Télo aos palcos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here