“Uma cozinha de resistência e afeto”. É assim que a chef Dandara Batista define o seu Afro Gourmet, que completa um ano em agosto. Palco de pequenos shows de música negra ao longo do ano, o restaurante apresenta neste sábado (17/08), às 19h, o pocket show do cantor africano Zola Star para celebrar a data especial.

O que te levou a abrir um restaurante só de cozinha africana?
O restaurante atende a culinária africana e brasileira com um enfoque maior na culinária afro-brasileira. A questão da culinária africana veem da minha relação com a culinária baiana. Meu avô é baiano e eu sempre gostei muito de comida baiana, é inclusive a minha preferida. Então, quando eu comecei a me envolver com mais com a história da gastronomia africana, eu vi essa referência (forte!) da comida baiana nela.

Qual é a sua relação com a cultura africana?
A África tem vários países e cada pais tem a sua culinária e a sua forma de fazer a comida. Eu comecei essa pesquisa tem uns 4, 5 anos. A cultura sempre fez parte da minha vida, desde cedo, começou com a dança afro e a culinária veio um pouco mais tarde. Eu acredito que seja uma forma de resgate da minha ancestralidade, assim como os espanhóis, franceses, etc. A questão da gastronomia veio para mim como um chamado. Talvez, eu não saiba nem dizer quando isso de fato aconteceu na minha vida. Eu sempre aprendo muito e querendo mostrar essa gastronomia que tão pouco falada.
Eu senti falta de um restaurante com esse formato aqui no RJ, e ai eu comecei a buscar parcerias com outros restaurantes, para entender se havia interesse. Nos eventos, eu via essa demanda reprimida. A aceitação dela foi de imediato.

Quais são as suas inspirações?
Hoje tenho duas referências principais, a Angélica Nascimento, chef baiana, e a Carmem Virginia, Chef de Pernambuco, que tem um trabalho mais voltado para a cozinha dos orixás.

Quais são os principais destaques do menu?
O restaurante possui um cardápio dinâmico, que muda toda dia. Então, depende muito do dia. O arroz de auçá quando está no cardápio é muito requisitado.

Foto: Octácilio Barbosa

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here