Cultura e gastronomia formam uma combinação única no Coltivi, em Botafogo, com atrativos de sobra para os apreciadores da boa mesa e da arte contemporânea. Inaugurado em janeiro, na Rua Conde de Irajá, o restaurante vai abrir as portas para artistas profissionais e amadores, que poderão expor suas obras a céu aberto, enriquecendo assim a experiência gastronômica dos clientes. A Galeria Coltivi será um espaço integrado ao restaurante, valorizando o trabalho de artistas que geralmente não têm acesso às grandes galerias.

A ideia é transformar o ambiente e fornecer essa nova experiência a artistas e clientes, estimulando artistas amadores e profissionais que buscam espaços alternativos e democráticos para exposições temporárias.

“Elaborei o conceito do projeto a partir da ideia de que todos os artistas merecem expor seus trabalhos em um cenário de galeria. Isso não pode ser um privilégio reservado apenas a alguns”, explica Guilherme Fonseca, empresário e diretor de novos negócios do restaurante.

A inauguração da Galeria Coltivi será no dia 15 de outubro, às 19h, com exposição da artista Constância Grain. Dezessete pinturas foram selecionadas e ficarão expostas até o dia 21. Entre elas, destaque para as “Mulheres Lunares”, “Erótica” e para as sete representações da gueisha – mulheres japonesas representantes da tradição milenar da arte, dança e canto, caracterizadas pelos trajes e a forte maquiagem.

“No futuro, quero reunir diferentes tipos de artes. Neste primeiro momento, nosso foco são as artes plásticas com foco na gastronomia, pois acredito que elas podem ser complementares”, explica.

As obras, que ficarão expostas pelos ambientes da casa, serão vendidas aos clientes. “Isso será benéfico para todos”, avalia Guilherme, que espera revelar novos nomes da arte contemporânea ao público.

Os artistas amadores da Galeria Coltivi serão escolhidos bimestralmente e as obras serão exibidas em diferentes estilos. O espaço não ficará restrito às telas e aos quadros. Guilherme conta que também serão convidados fotógrafos, escultores e outros tipos de artistas.

Nascido em São Paulo e criado nos Estados Unidos, Guilherme Fonseca saiu da Califórnia e veio para o Rio de Janeiro para se juntar a dois amigos, o italiano Piero Zolin e o chef paulista Meguru Baba, também sócios do Coltivi.

Na inauguração da galeria, a casa será fechada só para convidados. Os convidados receberão um drinque de cortesia e uma pizza al taglio, para escolher entre três diferentes sabores: Margherita, Vegano ou Salsiccia. O cardápio normal da casa terá cobrança à parte.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here