Liberdade, paixão, força e esperança são temas centrais no show “Alô, alô Marciano – Illy canta Elis”. Nele, a grata revelação da cena contemporânea interpreta sucessos da carreira da sua maior ídola. Mesclando leveza ao drama, atitude, sensualidade e um timbre privilegiado, Illy passeia contundente pela obra cantada por Elis. O resultado poderá ser visto no dia 16 de outubro no Theatro Net Rio em única apresentação, às 21h.

A noite terá participação do cantor Silva, direção artística de Pedro Henrique França e no repertório canções como “Fascinação”, “Trem azul”, “Como nossos pais”, “Deitar e rolar”, “Ladeira da preguiça”, entre outras. As músicas ganharam roupagens mais pop e atuais – com timbres e arranjos modernos – produzidas por Illy, Gabriel Loddo e Guilherme Lirio. “Trouxemos o universo Elis para a linguagem da nossa banda. Algumas versões são totalmente diferentes, mas há também interpretações com maior proximidade às originais”, adianta Illy.

“Tudo foi feito no capricho que ela merece. Cantar Elis é a coisa mais difícil e prazerosa que eu podia fazer na minha carreira agora. Não topei para ser mais do mesmo. Vai ser um show inesquecível “, promete. Ela conta que a ideia surgiu após a gravação do Programa Versões do canal Bis com exibição prevista para 9 de outubro.

Segundo Illy, os temas das faixas gravadas por Elis não podiam ser mais atuais, e aliados à riqueza das melodias e letras convenceram a jovem cantora a embarcar neste projeto. Ela pega o trem azul com seu sotaque, swing e particularidades, mas também com a influência que Elis sempre teve no seu canto.

Este ano Illy cantou “Pelos ares” no álbum tributo da nova cena à Adriana Calcanhotto; lançou as versões acústica e na pista de “Só eu e você” – a última com Duda Beat e ambas com mais de um milhão de plays no Spotify; e participou do single “Nós dois aqui”, do cantor Silva. Em junho, ela disponibilizou o remix “Devagarinho 2.0” ao lado de Baco Exu do Blues e Arnaldo Antunes.

Em 2018, a cantora baiana radicada no Rio recebeu ótimas críticas pelo seu álbum de estreia “Voo longe”, com produção de Kassin e Moreno Veloso, figurando em importantes listas de melhores discos do ano, inclusive na Revista Rolling Stone. Illy brilhou também na websérie “Illy e MPB de todos os sons” cantando ao lado de nomes como Caetano Veloso, Chico César, Fágner, Roberta Sá, entre outros.

Serviço:
Alô, Alô Marciano – Illy canta Elis
Data: 16/10
Horário: 21h
Local: Theatro Net Rio ( 2º Piso, Rua Siqueira Campos, 143 – Copacabana)
Ingressos: http://bit.ly/illycantaelisOUT19

Foto: Julia Pavin

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here