Produção original Netflix, American Son, baseado na peça da Broadway de Christopher Demos-Brown com o mesmo nome, traz para a uma intrigante trama sobre Racismo. Em um cenário único, com poucos atores, a produção se fixa nos diálogos. Em uma delegacia da Flórida no meio da noite, uma mãe está envolvida em uma busca por seu filho adolescente desaparecido. Logo seu marido aparece, e a noite sai de controle.

Trazer teatro para um público amplo é complicado; nem sempre é fácil adaptar a linguagem. Em American Son somos apresentados a um dialogo pesado , denso e angustiante , mostrando claramente como se é tratado em certas situações. Taxar de vitimismo demonstra uma cegueira que valida atos desumanos e incabíveis .

O filme é um soco no estomago por sua  premissa, enquanto luta com os aspectos claustrofóbicos de transferir uma peça de teatro para a tela. Por fim,são 90 minutos com diálogos fantásticos, com tensão desde o início.

Kenny Leon, que dirigiu a peça, retorna para o filme, assim como todo o elenco; além de Washington e Pasquale, Jeremy Jordan e Eugene Lee estrelam.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here