A Re-Roupa e o BaianaSystem lançam “RE-MAR”, coleção de roupas e acessórios com apoio da Farm. A “RE-MAR” é moda praia e tem vestido, camisa, macacão, pochete, ecobag e canga.

“Nos interessa o que já existe. O excesso. O que não está mais na moda é a nossa matéria-prima, enquanto a moda cria o novo cada vez mais e mais rápido. Ao fazermos roupa com esse material residual, questionamos essa máquina que tanto produz. Questionamos o tempo em que vivemos. Questionamos o fato de que 460 mil toneladas de tecido são jogados fora diariamente só no Brasil.

Esse material excedente é a nossa tela branca para novos projetos. A partir dele escolhemos temas e narrativas e convidamos parceiros para co-criarem com a gente. Dessa vez, convidamos o BaianaSystem. Músicos não fazem roupa, mas passam mensagem. E entre roupa e mensagem, escolhemos os dois. Juntos, navegamos por mais de um ano, tecendo histórias de pessoas reais que cruzaram nosso caminho para o nascimento dessa coleção”.

Com apoio da Farm, um desafio, certamente, foi iniciado no galpão de uma fábrica, no Rio de Janeiro, materializado em peças únicas em uma confecção de São Paulo e que ganhou vida na Ilha de Itaparica, palco escolhido para a captura de imagens e o desenrolar das ações que complementam esse projeto.

Além disso, a coleção envolve, o alfaiate Seu Carlinhos que abriu as portas de seu ateliê para a realização de uma oficina de criação, e o empreendedor Felipe Brito, que conduziu a pesquisa local que resultou em uma revista impressa e um minidoc. Aliás, os projetos desses dois personagens fundamentais na história, que chamamos aqui de Ponto de Costura (Studio Corte & Modelagem) e Ponto de Cultura (Instituto Maré de Março), respectivamente, serão beneficiados com parte da venda das peças dessa coleção.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here