Nas críticas anteriores de “WandaVision”, foi deixado claro que cada episódio de “WandaVision” seria diferente. E, de fato, foi, porém tivemos um episódio incrível com várias explicações, tanto da série quanto do universo MCU como um todo.

O episódio já começa com o retorno das pessoas que sumiram nos eventos de Vingadores: Guerra Infinita. Cenas incríveis onde as pessoas nem tem ideia que se passaram 5 anos desde que Bruce Banner usou a Manopla do Infinito para trazer metade do Universo de volta. E aí temos revelado a identidade da personagem de Teyonah Pátria, nossa Tenente Encrenca. Quem se lembrou de Capitã Marvel? Sim, é a mesma menininha crescida e seguindo os passos da mãe como militar. Outro surgimento na série foi da empresa S.W.O.R.D., que parece que vai agir como uma força militar que vai monitorar ameaças espaciais.

O episódio também trouxe vários personagens secundários de outros filmes do MCU como a Darcy dos filmes de Thor e Thor: O Mundo Sombrio, e também o agente do FBI, Jimmy Woo que aparece em Homem-Formiga e a Vespa. Confirmando, de maneira simples e criativa, que a série está, certamente, usando personagens mundanos para se entrelaçar ainda mais com o Universo Marvel, após Vingadores: Ultimato.

O roteiro continua num ritmo excelente, fazendo com que a trama siga em ritmo constante. A questão confirmada nesse episódio, também gera outra: Será que a Feiticeira Escarlate vai se tornar uma vilã? Como ela está diretamente ligada a todos os eventos que a cidade de Westview está sofrendo, pode ser que a vingadora tenha, enfim, perdido a sanidade.

Aliás, várias cenas do episódio também apontam que Wanda não está em suas plenas capacidades, e, de fato, está manipulando uma realidade menor envolvendo o “cadáver” de Visão.

Como a E.S.P.A.D.A. vai lidar com isso, e se Wanda realmente é uma ameaça para a Terra são perguntas que ainda precisam de respostas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here