INVOCADxSNo dia 15 de outubro, sexta, às 15h, haverá uma sessão on-line especial do espetáculo infantil “INVOCADxS”.A peça é um espetáculo teatral que aborda a criança na escola, seus anseios e problemas, com muita música e memórias reais dos atores.

Como é a relação da escola tradicional com a criança? É baseada no diálogo ou na imposição de regras e valores? Quanto o sistema educacional em vigor subestima os pequenos? Esses e outros questionamentos nortearam a criação do espetáculo “INVOCADxS”, da República Ativa de Teatro, sob a direção de Marcelo Soler.

Partindo da perspectiva estética em teatro documentário, o espetáculo vem questionar o sistema educacional tradicional, abarcando quem mais precisa ser ouvido: as crianças/alunos. Afinal, a escola é a base da construção de uma sociedade, e essa instituição manteve praticamente o mesmo sistema impositivo ao longo do tempo. Com canções originais executadas ao vivo, o espetáculo discute os rumos da educação.

A criança é uma página em branco, que desde o nascimento recebe cores e linhas daqueles que passam por sua vida. Quando chega à escola, ela já possui muitos traços da família, agora irá aprender a desenvolver os próprios traços e também a conviver com os diferentes.

Em uma época em que o professor é tido como um grande vilão da educação, a Cia ressalta sua visão ao mostrar que ele é também vítima desse sistema. Mesmo com ideias e tentativas, muitas vezes ele é tolhido porque a instituição exige resultados numéricos, que nem sempre reproduzem a real absorção dos conceitos. Então, mais do que buscar culpados, o espetáculo escancara o problema e alimenta a esperança de dias melhores. Mais do que respostas, o espetáculo traz luz à essa crise educacional.

O título do espetáculo anula as questões de gênero do nome “Invocados” como forma de se aproximar da atual geração que reflete sobre assuntos como esse. Atualmente os jovens tem atuado de forma muito inovadora em relações as gerações passadas, transgredindo regras e questionando muitos padrões. Trata-se de uma geração muito mais inclusiva. Para um espetáculo infantil, usar esta grafia no título da peça chega ao ponto de agregar um caráter rebelde. E sim, é exatamente do que isso trata, elevando, inclusive, o questionamento para além das questões de gênero.

A estética do espetáculo é apresentada no formato de uma banda. Abusando dos diversos elementos do universo da música, o cenário e os adereços remetem a esse estilo e propõe rememorar aquelas bandas musicais infantis. As canções apresentadas transcendem e potencializam o discurso da peça.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here