Série recupera foge do seu próprio padrão narrativo.

YouA terceira temporada de “You” mal chegou na Netflix e já teve sua quarta temporada confirmada, pois é, a série virou fenômeno pelo mundo com a historia do sociopata Joe (e agora, sua mulher Love).

Baseada na série de livros de Caroline Kepnes, a nova temporada traz Joe (Penn Badgley) e Love Quinn (Victoria Pedretti) casados e pais de um bebê, tentando levar uma vida normal em Madre Linda, porém é difícil abandonar velhos hábitos. As juras de amor e a promessa de uma vida saudável para o filho Henry vão por água abaixo quando Love começa a se mostrar uma personagem tão controversa e problemática quanto Joe.

 Energizada e, surpreendentemente, muito mais caótica, a mais recente temporada é, certamente, delirante! Sim, o personagem ficcional que tem tudo para ser real,  consegue trazer um certo frescor a série, acredite se quiser. Sob uma nova perspectiva, a série agora se passa num subúrbio de uma cidade californiana.

Em “You”, os extremos de Joe e Love Quinn são expostos em uma temporada surpreendente! Aliás, a performance de Victoria Pedretti merece destaque por todas suas nuances. Love Quinn tem uma natureza destrutiva e impulsiva, ao contrário de Joe, que desde o início segue tudo à risca com o objetivo de não ser identificado. Além disso, “You” também explora o passado de Joe, para justificar seus atos, contando os gatilhos que o tornaram um sujeito psicótico. A narrativa faz bem esse papel misturando o passado e presente de forma eficiente.

Penn Badgley e Victoria Pedretti estão ótimos nos papeis.  Aliás, é interessante como todos os episódios conseguem explorar com propriedade o sentimento de desconfiança entre os dois.

A terceira temporada de “You” mergulha, surpreendentemente, nos extremos de Joe e Love Quinn com um desfecho que traz uma importante reflexão.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here