Foto: Ricardo Martins

Produzido no Pantanal, um ano após os incêndios históricos de 2020, “Instinto Fotográfico” é o mais novo projeto do fotógrafo da natureza Ricardo Martins. A série mostra a expedição que durou 50 dias dentro do Pantanal, acompanhando o dia a dia, os bastidores e toda a aventura vivida na busca para conseguir as fotos mais incríveis dos animais da região para o seu 11º livro “Pantanal – um patrimônio natural e sua cultura”.

Em “Instinto Fotográfico”, o telespectador vai conhecer um pouco mais de como funciona o trabalho por trás das fotografias, além de mergulhar na história e cultura pantaneira. Aliás, o fotografo contou que a região esteve presente em sua vida desde a infância, ”Meu pai é do Pantanal e minha primeira lembrança é com dois anos de idade, pescando e vendo jacarés, passando pelo rio, achava aquela visão incrível”.

Além disso, a série também traz histórias de pessoas, como por exemplo a dos “Isqueiros” da Serra do Amolar. “Eu achei que eles pegassem a isca ali na beira do rio” conta Ricardo. O fotógrafo se surpreendeu ao descobrir, mesmo depois de tantos anos visitando a região, que para conseguir as iscas eles saem depois das 15h, sem hora para voltar. No caminho enfrentam uma longa e difícil travessia, arrastando o barco pelo mato e por grandes lagoas para chegar até o pé da serra, onde fazem a coleta do peixe Tuvira, que movimenta o turismo de pesca na região.

Durante todos os episódios, é possível acompanhar, como com muita determinação, Ricardo chega até lugares até então inacessíveis, como Corixos, ao longo do Rio Cuiabá, tudo para ir atrás e realizar essas fotografias e produzir esse documentário.

A série estreia neste domingo (5/12), às 16h30, na TV Cultura. Ao todo serão cinco episódios, com os detalhes das dificuldades, descobertas e diferentes histórias encontradas ao longo de toda a expedição no Pantanal.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here