Para a comemoração de sua primeira década de funcionamento, o Reduto reformulou sua cozinha, com direito a cardápio especialmente desenvolvido pelas chefs Roberta Ciasca (Miam Miam) e Ellen Gonzalez (Planta Gastronomia), além de um menu de drinks elaborado pelo mixologista Zurriê Souza. Além disso, até o final de julho, o cardápio contará com o reforço de um menu inspirado nas festas juninas, com direito a quentão, pamonha e arroz doce. Tudo com o toque das chefs, claro.

RedutoO cardápio junino Reduto traz Pamonha crocante – R$ 28 (Palitos crocantes de pamonha com queijo e pimenta de laranja) , Baião de dois veg – R$ 38 (feijão fradinho, arroz, tofu marinado, queijo coalho, coentro e pimenta de cheiro); Baião de dois – R$ 38
(feijão fradinho, arroz, queijo coalho, coentro, pimenta de cheiro, carne seca e bacon); Espetinho misto – R$ 36 (filé mignon, cebola tostada, bacon, abobrinha, linguiça picante e tomate cereja, servido com farofa e molho à campanha). Com direito a versão vegetariana com queijo coalho, tofu e cogumelo; Arroz doce com paçoca – R$ 15 (arroz doce cremoso com paçoca), Cocada – R$ 9 e clássico quentão – R$ 32, com laranja, especiarias e cachaça.

*Valores sujeito à alteração

O restaurante ainda oferece programação cultural, com shows, Ocupação do Grupo Tá na Rua (de Amir Haddad), a volta do Microfone Aberto (que revela novos talentos aos sábados) e o disputado Quiz de Cultura Pop comandado pelo DJ Edu Castelo. Confira as próximas atrações:

  7 de julho – Bárbara Sut às 21h, lança seu primeiro álbum autoral, “Calor”.
08 de julho –  Bem que se quiz – Quiz de cultura pop apresentado por Edu Castelo
14 de julho –  show de Lilian (nova mpb) + DJ Teddy Zanni
15 de julho – Ocupação artística do Grupo Tá Na Rua (dirigido por Amir Haddad) + DJ Máxima (do Tá na Rua) e Cabaret Tá na Rua.
16 de julho – Abertura da terceira temporada do Microfone Aberto (novos talentos) + DJ Cleo Azure (festa Koió).

O Reduto fica na é Rua Conde de Irajá, 98.

Quando Fernando Libonati e Marco Nanini resolveram criar o Reduto, a ideia era ter um espaço para artistas que ainda não tinham a carreira consolidada. Após receber espetáculos, performances, shows, exibições de filmes e festivais, a casa também passou a contar com bar e restaurante a partir de 2018. Desde então, o espaço – um sobrado restaurado dos anos 1920 na Rua Conde de Irajá, no Humaitá – conquistou um público fiel, cuja diversidade espelha a proposta de acolhimento do local.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here