Sascha é uma jovem de 17 anos revoltada com a vida,  por conta de circunstâncias trágicas em que viveu recentemente, sua mãe foi assassinada pelo seu padastro.
 
Menina precoce e independente, mas tudo a sua volta parece incomodá-la, até um artigo de jornal. A relação familiar não existe mais, o que a faz viver na defensiva, não permitindo que as pessoas se aproximem dela. Mas ao conhecer Volker (diretor do jornal local), sua vida se transforma aos poucos.
 
A fotografia escura retrata o momento de sua vida. Um momento trágico, de dor e revolta. Carregando consigo não só o trauma do crime e o estigma de sua origem russa, Sascha se tornou uma pessoa agressiva que não permite o seu amadurecimento.
 
O filme todo é focado nela, na maneira que ela reage aos eventos da vida. Vadim, seu padastro, é citado várias vezes nos diálogos, mas nunca aparece.
 

Adaptação do romance alemão escrito por Alina Bronsky. “Broken Glass Park” é um retrato da sociedade marginal.

O filme é uma é uma co-produção alemã e russa, dirigida pela alemã Betina Blumner, conhecida por seus documentários.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here