Instituto Moreira Salles e revista ZUM promovem palestra sobre a fotógrafa Diane Arbus ministrada por Jeff Rosenheim, curador-chefe de fotografia do Metropolitan Museum of Art, de Nova York

No próximo dia 27, sábado, às 17h, o Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro promoverá um encontro com Jeff Rosenheim, curador-chefe de fotografia do MET, em Nova York. Rosenheim falará sobre a obra da norte-americana Diane Arbus (1923-1971), uma das fotógrafas mais influentes e provocativas do século 20. O evento será em inglês e sem tradução. A entrada é gratuita, com retirada de senhas 30 minutos antes do início.

Rosenheim é o curador da exposição In the Beggining, dedicada aos primeiros sete anos de trabalho de Arbus. A exposição está em cartaz no MET Breuer, em Nova York, até 27 de novembro. A instituição é responsável pela coleção da fotógrafa desde 2007 e esta é a primeira mostra dedicada ao início da sua carreira.

Sobre a fotógrafa
Diane Arbus (1923-1971) tornou-se conhecida por retratar em preto e branco pessoas que estavam à margem da sociedade, como travestis, nudistas, deficientes físicos e mentais. Em 1967, fez parte da importante exposição Novos Documentos no Museu de Arte de Nova York (MoMA) ao lado dos fotógrafos Garry Winogrand e Lee Friedlander. Morreu em 1971, e, no ano seguinte, foi a primeira fotógrafa a ser escolhida para representar os EUA na Bienal de Veneza.

Serviço:
“A obra e o legado de Diane Arbus” – Palestra com Jeff Rosenheim
Data: 27 de agosto, sábado, às 17h
Local: Instituto Moreira Salles (Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea)
Evento gratuito em inglês (sem tradução)
Distribuição de senhas por ordem de chegada a partir das 16h30.
Sujeito à lotação do auditório

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here