o-tigre-e-o-dragaoHonra, lealdade e um passado nebuloso. Esses são os elementos chave da sequência de O Tigre e o Dragão: A Espada do Destino, lançada pela plataforma de streaming Netflix no começo de 2016. Yu Shu Lien (Michelle Yeoh) está de volta com a espada que conquistara no primeiro filme, mas desta vez, ela precisa defendê-la de um tirano, que manda Tiefang (Harry Shum Jr.), um habilidoso jovem, roubá-la. Porém, Yu Lien não está sozinha, ela conta com a ajuda de Snow Vase (Natasha Liu Bordizzo) e Silent Wolf (Donnie Yen), com que a protagonista precisa resolver seus laços do jovem amor que viveram.

Nos anos 2000, o lançamento do precursor desta história foi marcante para o cinema. Ele apresentou a obra chinesa e a maestria das lutas coreografadas de Wuxia, uma forma de artes marciais. Além de explorar a cultura chinesa do século XIX, lançou Michelle Yeoh, nascida na Malásia, que a partir de então estrelou em diversos filmes como A Múmia, Kung Além da Liberdade e a série Start Trek: Discovery, que será lançada em 2017.

A Espada do Destino é a continuação da história da guerreira Yu Lien, dona deste artefato conhecido como o mais poderoso da época, que novamente entra em conflito com si mesma. A arte cinematográfica do enredo se baseia na filosofia chinesa, no qual o título se inspira “Tigres agachados, e dragões escondidos estão no inferno, mas lá também estão sentimentos humanos”, é daí que a combatente marcial tira suas forças para lutar pela honra de sua nação, e por si própria.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here