O festival Internacional de Documentários chega a sua 23° edição de 12 a 22 de abril, com o melhor da nova safra do documentário brasileiro e internacional. O festival fundado e dirigido pelo crítico Amir Labaki, ocupa as telas de São Paulo e do Rio de Janeiro.

As sessões de aberturas em 2018 acontecem no Auditório Ibirapuera em São Paulo (11/04), e também pela primeira vez na Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM), no Rio de Janeiro (12/04). “É uma honra imensa iniciar o É Tudo Verdade em instituições tão míticas nas duas cidades”, comemora Labaki.

Em 2018, o festival homenageia Pamela Yates, uma das mais importantes documentaristas americanas dedicadas a temas relacionados aos direitos humanos e à América Latina.

Indicada duas vezes ao Emmy, premiada no Sundance Film Festival, Yates concluiu no ano passado sua histórica “Trilogia Guatemalteca”. Realizada num período de 35 anos, a trilogia a um só tempo documentou e ajudou a alterar o destino da Guatemala, em especial de sua população maia. Em parceria com o Human Rights Watch Brasil, o É Tudo Verdade apresenta pela primeira vez no país a trilogia na íntegra, na presença de Yates e de seu produtor, Paco de Onis.

Serviço RJ
É TUDO VERDADE – 23o Festival Internacional de Documentários
Estação Net Botafogo (Rua Voluntários da Pátria, 88 – Botafogo – Rio de Janeiro – RJ)
1, de 13 a 18 de abril
IMS – Instituto Moreira Salles (Rua Marquês de São Vicente, 476)
de 13 a 22 de abril
entrada gratuita, com retirada de senhas uma hora antes

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here