O gênero terror faz sucesso entre as pessoas, por conta da atração pela adrenalina após o susto. Na lista abaixo, você encontra exatamente sobre isso, filmes com gatos esquisitos, barulhos de corrente no corredor, e monstros no armário. E não se preocupe, porque eu vou te contar exatamente em que streaming achar o filme.

Então chama a entidade que fica te observando dormir, seu crucifixo e prepara pra essa lista assustadora:

O Cemitério Maldito (Telecine Play)
O remake de 2019 do livro mais maldito do mestre Stephen King é bizarro. Nunca é tão bom quanto o livro, contudo o remake tem algumas cenas que dão aquela arrepio nas espinha.

O filme conta a história da família Creed que acaba de se mudar para o interior do Maine. Eles nem sabiam que dentro de sua nova propriedade está um antigo cemitério indígena com o poder de ressuscitar os mortos. Logo o gato da família retorna da tumba, e depois, algo ainda pior. Quer saber o que acontece depois? Bem, quando os mortos levantam, os vivos é que sofrem.

A Bruxa de Blair (Netflix)
Esse aqui o pessoal antes da internet vai saber da história maravilhosa dele. A Bruxa de Blair foi o primeiro filme found footage de peso no cinema, ou seja, um filme parecido com um documentário amador. Três estudantes de cinema fazem um documentário sobre a lenda da Bruxa de Blair, contudo eles descobrem que lendas podem ser apenas histórias verdadeiras que foram esquecidas a muito tempo.

Em 1999, ano de estreia do filme, a internet era mato, então não havia a quantidade de informações que há hoje sobre um filme. O pessoal de marketing se aproveitou disso para que todo mundo fosse assistir o filme achando que é verdade. E sinceramente, realmente parece ser verdade.

O Bebê de Rosemary (Amazon Prime Vídeo)
Um dos filmes de terror mais respeitados do mundo, dirigido por Roman Polanski, O Bebê de Rosemary é um clássico do gênero. Polanski é um mestre no quesito terror. Como também no que define a linha entre o terror e o horror, e quando o horror surge, ele é inominável.

O  filho de Rosemary está por nascer, mas logo que ela e o marido se mudam para um novo prédio, coisas estranhas acontecem. E a moça vai descobrir que o que carrega no ventre, não é mais uma criança humana.

O Exorcismo de Emily Rose (Netflix)
Este filme é o meu favorito porque ele mistura Exorcismo com filme de tribunal, ou seja, não tem como ser ruim. Baseado em fatos reais, o longa narra o julgamento por homicídio culposo do padre Moore, ele é acusado de causar indiretamente a morte da jovem Emily Rose. Contudo, os advogados de defesa revelam que o que pode ter matado Emily não foi irresponsabilidade ou uma doença, na verdade, pode ter sido o demônio.

O roteiro equilibra muito bem os diálogos rápidos do tribunal e também o ritmo de terror, também mostrando as versões da defesa e da promotoria. A conclusão não toma partes, se Emily era esquizofrênica ou uma santa possuída pelo próprio Satanás, cabe a você decidir.

Terror em Silent Hill (Netflix)
Longas baseado em vídeo-games quase nunca, ou melhor, tirando uns três, eles nunca dão certo. Terror em Silent Hill é baseado no game homônimo de survivo horror, onde uma mãe entra numa cidade misterioso para salvar a filha. Sim, a cidade é misteriosa porque ela é o inferno.

Não é literalmente o inferno cristão, mas é um lugar de tormento e violência pra todo mundo que vive lá. Além de ter o Piramide Head, que é um verdadeiro demônio. Uma vez lá dentro, é impossível sair.

Hereditário (Amazon Prime Vídeo)
O filme de Ari Aster está no movimento do pós-terror, obras que focam menos no susto, e mais no choque e no horror através de grandes metáforas. A história de Hereditário começa após a morte da mãe da personagem de Toni Collete, o que pode levantar assuntos que deveriam estar adormecidos. Como dito, o terror aqui é pra chocar, e acima de tudo, te incomodar.

Ari Aster possui não só uma criatividade narrativa muito incomum, mas também possui uma criatividade técnica que se mistura a narrativa. O final é totalmente chocante, inesperado no nível de fincar as unhas no braço do assento.

O Enigma de Outro Mundo (Netflix)
Vamos aos clássicos dos anos 1980, O Enigma de Outro Mundo é um dos mais icônicos filmes de terror dessa época. Uma equipe de pesquisa se reúne no extremo norte, durante seus trabalhos um objeto cai do espaço e nele está escondido uma criatura de outro mundo.

Essa criatura assimila uma criatura viva e toma sua forma, logo ele se tornou uma amálgama de todos os absorvidos e Kurt Russel terá que derrotar esse lixo galáctico. Em termos técnicos, o filme está bem datado, porém a história ainda é muito boa e a ambientação é alucinante.

Nós (Telecine Play)
Também na onda do pós-terror, o ganhador do Oscar, Jordan Peele tem elementos de comédia e bizarro no seu estilo. Como o diretor ficou muito reconhecido por quadros de comédia, o humor em suas obras é natural.

Explicar Nós é bem complicado, pois quando menos se sabe, melhor é. Então vou dizer que o roteiro é muito rico em questão de metáforas e de interpretação tanto filosófica quanto psíquica do ser humano.

REC (Amazon Prime Video)
Saindo de Hollywood e indo para a Espanha, REC foi por muito tempo o filme de terror espanhol mais conhecido do mundo, e é realmente muito bom. Também no estilo de found footage, o roteiro coloca três adolescentes dentro de um prédio contaminados de zumbis demoníacos. Na prática são zumbis normais, mas o que os deixa assim é um fator sobrenatural.

O filme tem um ritmo frenético, é ligado nos 220 Volts do início ao fim, não dando nenhum descanso ao público. Muita gente tem certo preconceito com o cinema europeu, mas REC mostra que vale a pena tentar.

Invocação do Mal 2 (Netflix)
Invocação do Mal 2 provou que uma série de filmes fechados baseados nas experiências sobrenaturais dos Warren daria muito certo. O segundo filme da franquia é bem mais interessante do que o primeiro.

Nesse filme Ed e Loirrane viajam até a Inglaterra para investigar uma menina que apresenta sinais de estar sendo assombrada, ou até possuída. O filme é muito mais sério que o anterior, e mostra o sensacionalismo que existe ao redor do sobrenatural. No final tudo acaba bem, mas ele ainda causas arrepios.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here