Caetano Veloso comemorou seu aniversário de 78 anos, na noite de ontem (07), com uma live na plataforma de streaming Globoplay, na companhia de seus filhos Tom, Zeca e Moreno. Aliás, o cantor que desde o início da quarentena tem recebido pedidos de seus fãs para que fizesse uma live, atendeu com um show intimista na sala de sua casa, com sua estante pessoal de livros e recordações como cenário.

A apresentação contou com uma retrospectiva das canções mais famosas da carreira do artista, como “Reconvexo”, “Leãozinho”, “Tigresa”, “Podres Poderes” e “Odara”.

Em dado momento, Caetano pede que o público não comparasse sua live com a de Gil, que para ele sim havia sido precisa musicalmente  e brincou: “Não somos uma família de músicos, somos músicos de família”.

 O cantor fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) devido a situação enfrentada pelo país diante da pandemia, condenando a falta de ministro da saúde na mais grave crise sanitária e perante da proximidade da marca de 100 mil mortos pelo novo coronavírus. “O negócio é duro mesmo, o Brasil não tem um ministro da Saúde que tenha chegado como tal. E o Ministério do Meio Ambiente parece ser contra o meio ambiente”, afirmou o cantor.

Além disso, Caetano pediu de presente de aniversário para aqueles que pudessem, ajudassem a campanha de arrecadação de fundos do Balé Folclórico da Bahia, que como grande parte da classe artística, vem sofrendo problemas financeiros durante a pandemia.

A live, que durou cerca de uma hora e meia, ainda teve direito a bolo e parabéns, cantado por seus filhos e equipe, encerrando com “How beantiful could a being be”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here