Vale tudo no amor e na guerra?

bridgerton
Divulgação Netflix

Após o sucesso da primeira temporada “Bridgerton” está de volta! A série, que se passa nos anos de 1800, numa Inglaterra pomposa e cheia divergências politico sociais, aborda o  drama, amor e glamour da alta sociedade.

Baseada na bem-sucedida série de livros de Julia Quinn, a série segue, certamente, a estrutura similar à dos livros dedicados aos oito irmãos Bridgerton. Além disso, a autora dos livros ainda lançou um nono volume com segundos epílogos para os livros anteriores e um conto sobre Violet, a matriarca.

Com figurinos deslumbrantes, “Bridgerton”, surpreendentemente, tomou conta do coração dos espectadores ao relatar as experiencias amorosas da família titulo desde seu lançamento. Assim, a nova temporada deixa de lado Daphne (Phoebe Dynevor) e o Duque de Hastings (Rége-Jean Page) para se centrar em Anthony (Jonathan Bailey), primogênito da família.

Ele finalmente decide se casar, puramente para cumprir seus deveres sociais. Porém, não por acaso, o visconde faz questão de dizer aos quatro ventos que o amor não fará parte de seu matrimônio.

O romance de Kate (Simone Ashley) e Anthony ( Jonathan Bailey) é bem desenvolvido. Com personagens complexos e cheio de nuances, eles são obrigados a assumir responsabilidades familiares muito mais cedo do que deveriam. Porém, o ritmo com que o enlace se desenvolve é consideravelmente mais lento em relação a primeira temporada. Mas nada que atrapalhe o enlace tanto do espectador quanto dos personagens.

A série chegou a ser coroada como a série original mais assistida da história da Netflix. A plataforma de streaming disse por meio de um comunicado que 82 milhões de contas assistiram a primeira temporada da série após a sua estreia em 25 de dezembro, logo no mês de estreia. “Bridgerton” desbancou “The Witcher”, “Lupin”, “O Gambito da Rainha” e até mesmo “Stranger Things”.

Surpreendentemente, “Bridgerton” foi comparada pela crítica e até pelo próprio Regé-Jean Page como uma mistura de “Gossip Girl” e 50 Tons de Cinza. Realmente, tem tudo para fazer sucesso! Além disso, vale acrescentar que a diversidade de atores é por conta da produtora executiva da série, Shonda Rhimes. A série foi elogiada pela variedade de seu elenco, dando a atores negros papéis que eram tradicionalmente ocupados por brancos.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here