O livro do Amor
Still

O livro do Amor é, certamente, uma daquelas comedias românticas, que os apaixonados vão curtir! No longa Sam Clafin é um escritor inglês, cujo romance mais recente é um fracasso. Porém o que ele não sabe é que seu livro é um grande sucesso no México devido as alterações da tradutora Maria. Ela reescreveu a obra e a transformou em uma narrativa erótica. Mas ele só descobrirá isso na turnê literária pelo país.

Furioso com o ocorrido, Henry é obrigado a seguir em turnê sem falar uma palavra da língua. As coisas ficam ainda piores quando sua editora o junta à tradutora para uma turnê literária pelo México. Aliás, além disso, sua editora resolve relançar o livro na Inglaterra, com as alterações de Maria. E tem mais! Ela pede um novo livro a Henry, o deixando maluco. Agora, ele e Maria precisarão trabalhar em juntos, em formato de colaboração.

O livro do Amor é a típica comedia romântica no estilo sessão da tarde. Seguindo os estereótipos e a mesma trama (de sempre), o longa primeiro os coloca em conflito, com direito a muita confusão, mas logo eles irão se encantar um pelo outro e deixar o amor falar mais alto. Além disso, O livro do Amor aborda a emancipação feminina por meio da sua sexualidade. Maria é uma mulher que saiu de um relacionamento abusivo e abre mão dos seus sonhos porque sabe que como escritora não poderia manter seu avô e filho sozinha.

O enredo ainda fala de machismo (mesmo que superficialmente), Maria está muito cansada de sua vida e, às vezes, muito vitimizada. Como ela mesma diz, “sou uma mulher que trabalha para homens e cuido de homens”. Agora, a relação com Henry a fará empoderada, podendo reavaliar suas escolhas.

 O filme chega ao Telecine no dia 12 de março.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here